Abraham Weintraub poderá deixar Ministério da Educação

Ministros próximos a Bolsonaro fala em saída honrosa para ministro 

Após ida de Abraham Weintraub em ato realizado no último domingo (14), na Esplanada dos Ministérios integrantes do governo disseram a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que o ministro da educação deixará a pasta, em um gesto de paz à corte.

Ao mesmo tempo, o presidente Jair Bolsonaro busca uma saída honrosa para seu ministro, como um cargo no Planalto ou uma função diplomática no exterior.

O recado sobre a saída do ministro foi dado ao STF por ministros próximos do presidente. Desde o mês passado, tanto a cúpula militar como ala do governo considerada técnica vinham tentando convencer Bolsonaro de que a saída de Weintraub tornou-se necessária para melhorar o clima entre Executivo e Legislativo.

Segundo assessores presidenciais, Bolsonaro não quer que o ministro deixe o governo e procura uma saída honrosa para Weintraub, que ganhou forte popularidade na base mais fiel do bolsonarismo.

Segundo assessores presidenciais, Bolsonaro não quer que o ministro deixe o governo e procura uma saída honrosa para Weintraub, que ganhou forte popularidade na base mais fiel do bolsonarismo.

Print Friendly, PDF & Email