Agosto será decisivo para a Lava Jato

A senadora Kátia Abreu (PDT – TO) solicitou o afastamento de Delan Dallagnol a fim de que ele não exponha mais a operação 

Está marcado para o dia 18 de agosto o pedido de remoção do procurador da coordenação da Lava Jato em Curitiba. A solicitação partiu da  senadora Kátia Abreu (PDT-TO).

Para Kátia, Deltan Dallagnol no Conselho Nacional do Ministério Público expôs a expor a Lava Jato por causa de seus métodos e, por isso, é hora do procurador deixar a coordenação da força-tarefa, a fim de não comprometer o todo. As apostas de quem conhece o conselheiro são as de que Bandeira de Mello acolherá o pedido.

A pauta marcada para agosto ocorre 20 dias antes do prazo que o procurador-geral, Augusto Aras, tem para decidir sobre a prorrogação da Lava-Jato. Com Dallagnol fora, acreditam alguns, será um problema a menos para a continuidade das investigações em Curitiba. E, de quebra, uma avenida para que os acusados apresentem recursos contra a operação. Agosto sempre é um mês da bruxa solta na política. Desta vez, acreditam muitos, a bruxa vai focar seus agouros em Dallagnol.

Print Friendly, PDF & Email