Anvisa toma medidas para acelerar disponibilização de vacina

O processo para liberar vacinas é demorado e requer muita atenção, porém a Anvisa receberá resultados parciais afim de acelerar o processo

Nesta quarta-feira (18), foi publicado no Diário Oficial da União, as chances de um submissão continuada que será feita pela Agência Nacional De Vigilância Sanitária (Anvisa) para permitir a aprovação e análise de forma mais rápida da vacina contra o coronavírus.

“A medida possibilitará acelerar a disponibilização à população brasileira de vacinas contra o novo coronavírus, desde que demonstradas qualidade, segurança e eficácia conforme os requerimentos técnicos e regulatórios vigentes” comunicou a agência em nota.

O processo de liberação de qualquer imunizante é demorado e passa por varias etapas, a Anvisa já havia autorizado que instituições enviassem a documentação parcial, o Instituto Butantan responsável pela CoronaVac, e a Fundação Oswaldo da Cruz (FIOCRUZ), já mandaram as documentações contendo os resultados parciais dos estudos clínicos.

Essa prática só é liberada em alguns casos como no contexto de pandemia, pois exige certa urgência, essas medidas também são utilizadas por outras agências sanitárias internacionais, se não estivéssemos vivendo um cenário de urgência se tratando de um imunizante ao coronavírus, as empresas precisariam finalizar os documentos e só depois enviar a papelada.

Print Friendly, PDF & Email