Após receber o governo com contas no vermelho, Ibaneis encerra ano no azul

GDF deu um drible na crise e encerrará o ano com um superávit de R$ 217,5 mi

Após assumir uma gestão com dívidas e conseguir reverter um quadro negativo, o Governo do Distrito Federal (GDF), encerrou o ano de 2020 no azul. A Secretaria de Economia do DF divulgou, nesta quarta-feira (23), que o DF finalizou o ano com um superávit de R$ 217,5 mi.

Com o sucesso do leilão da venda da CEB Distribuição, o GDF garantiu um caixa bem mais robusto para investimento na cidade. O leilão conseguiu um ágio de mais de 76% sobre o valor inicial, alcançando R$ 2,515 bi.

A renegociação da Refis também trouxe grandes vantagens para o Governo do GDF. O valor foi de R$ 2,081 bi aos cofres públicos. Cerca de 34.490 brasilienses e 8.681 empresas negociaram as dívidas com o Programa de Recuperação Fiscal.

Segundo a Secretaria de Economia, os números surpreenderam não só o DF, mas todas as unidades federativas promoveram mudanças emergenciais nas previsões orçamentárias por causa da pandemia do novo coronavírus.

Enfrentar a crise inesperada e fazer com o que o Estado ande exigiu do GDF não só readequações das finanças, mas garantiu a geração de empregos por meio da continuidade das obras nas cidades.

A ordem do governador Ibaneis Rocha era clara: a agenda de obras que estava parada e havia sido retomada em 2019, será mantida.

“Como o serviço público estava prejudicado por falta de atenção, investimos em saúde, em educação e segurança pública com a reforma de prédios, construções de unidades de saúde, compra de viaturas e equipamentos”, explica o secretário de Economia, André Clemente.

Fundo de Saúde

Em março o governo destinou R$ 32.418.261,00 ao Fundo de Saúde e ao Corpo de Bombeiros Militar para atender programações orçamentárias com o propósito de reforçar o combate ao novo coronavírus.

Os recursos foram distribuídos da seguinte forma: R$ 27.528.040,00 para a nomeação de profissionais de Saúde (médicos e enfermeiros) aprovados em concurso público; e R$ 4.890.221,00 para a manutenção, modernização e reequipamento das forças de segurança do DF.

Nota Legal

A Secretaria de Economia colocou em dia o ressarcimento de benefícios atrasados, efetivou a Nota Legal Saúde, voltou a fazer os sorteios e reapresentou um programa revitalizado. Em 2020, foram sorteados R$ 3 mi em prêmios de até R$ 500 mil.

Contratações

O GDF contratou neste ano 500 policiais militares e 370 bombeiros. Em outubro, foram anunciadas as contratações de 86 profissionais na área de saúde. Foram contratados 184 professores da educação básica. A secretaria de Desenvolvimento Social também ganhou o reforço de 156 novos aprovados no concurso. Em maio, 91 técnicos administrativos foram nomeados.

Clube de vantagens

Em novembro foi lançado o programa que dará aos servidores do GDF descontos e condições especiais na compra de produtos e serviços, além da redução de preços em matriculas e mensalidades de faculdades e universidades privadas do Distrito Federal. O Clube de Desconto do Servidor e o DF Superior vão beneficiar cerca de 160 mil servidores.

Print Friendly, PDF & Email