Aumento nos casos de Covid-19 pode ocasionar novas restrições no DF

Após realizar os testes sorológicos nas 34 regiões administrativas do DF, Osnei Okumoto não descarta possibilidade de novas medidas restritivas

Na manhã desta quarta-feira (2) deu-se inicio ao inquérito epidemiológico que pretende mapear a taxa de transmissão do novo corona vírus, os estudos começaram em Ceilândia, região administrativa mais populosa do DF.

“Começaremos hoje em Ceilândia, como um ponto de partida e depois estaremos passando para todas as RAs simultaneamente” Afirma Osnei Okumoto, durante apresentação para cerca de 30 colaboradores da SES-DF.

Os testes estão sendo realizados pela secretaria de saúde, SESC e o corpo de bombeiros, 230 pessoas das 34 regiões administrativas do DF irão ser sorteadas para participar dos testes sorológicos.

Osnei Okumoto, secretário de saúde, afirma que testes serão cruciais para que a pasta possa tomar novas decisões e se necessário implantar outras medidas de segurança, “Apresentamos uma taxa de transmissão de 1,3. E todas as vezes que a gente tiver essas alterações, vamos comunicar o governador para que as medidas sejam adotadas ou não. Cada vez que a gente aumentar esse quantitativo da taxa de transmissão, poderemos tomar outras medidas, caso seja necessário, para que a gente possa trazer à população mais informações e tranquilidade. É proteção para a população” pontua o secretário.

Print Friendly, PDF & Email