Auxílio Emergencial pode ser prorrogado por mais dois meses

Há uma avaliação de mais duas parcelas no valor de R$300,00

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados defendeu que governo envie ao Congresso proposta para prorrogação do Auxílio Emergencial. O auxílio foi aprovado em abril pelo presidente, Jair Bolsonaro pelo prazo de três meses.

Diantes das dificuldades que o país vem passando devido a pandemia do novo coronavírus parlamentares enxergam a necessidade do benefício ser estendido por pelo menos mais dois meses. O presidente Câmara compreende a situação, mas é necessário que tudo seja visto pela equipe econômica.

“[Defendo] Que o governo faça esse debate de forma oficial para que a equipe econômica e todos os técnicos mostrem o tamanho dessa despesa que está sendo criada. Nós ainda entendemos que ainda teremos algum período de queda da economia nos próximos meses”, afirmou Maia.

Rodrigo Maia disse que vem conversando com parlamentares e há uma avaliação de mais duas parcelas no valor de R$300,00.

“Ninguém nega o impacto nem a necessidade, nem o governo. Agora, se o impacto é grande, vamos tentar criar soluções no Orçamento para ver se tem algum espaço para construir uma solução para manutenção dos R$ 600 por mais 60 dias, pelo menos”, destacou o presidente da Câmara. 

Print Friendly, PDF & Email
Leia também:
Bolsonaro quer Auxílio Brasil no valor de R$ 400