Avaliação positiva de Bolsonaro cai em todas as regiões do país

Popularidade do presidente Jair Bolsonaro era de 40% em setembro e cai cinco pontos porcentuais em nova pesquisa realizada pelo Ibope

Segundo pesquisa divulgada pelo Ibope/CNI, nesta quarta-feira (16) popularidade do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cai de 40% para 35% de setembro até o mês atual. No entanto o porcentual ainda é maior que o apresentado em dezembro do ano passado.

Renato Fonseca, gerente-executivo de economia da Confederação Nacional da Indústria (CNI), afirma que as razões na queda de popularidade é devido à atitudes do presidente diante a pandemia, “As principais razões por trás dessa queda de popularidade se encontram no aumento da inflação e nas políticas e ações relacionadas ao combate à covid-19”.

O estudo revela que 44% das pessoas entrevistas confiam no presidente, 35% disse que a administração do presidente tem sido boa, e 30% regular.

A popularidade do presidente Jair Bolsonaro recuou em todas as regiões do País. Além disso, a queda da popularidade do presidente é mais acentuada entre as pessoas com 25 a 34 anos de idade.

Região do Sudeste e Nordeste reúnem maior número de pessoas insatisfeitos com o governo de Bolsonaro. Para 36%, no Sudeste, e 34%, no Nordeste, o governo está sendo ruim ou péssimo. Em ambas as regiões, 55% não confiam no presidente e 52% dos entrevistados no Sudeste e 51% no Nordeste não aprovam a maneira de governar.

Bolsonaro ainda é considerado um bom governante na Região Sul e nas cidades pequenas, com 44% dos entrevistados considerando o governo como ótimo ou bom, 52% afirmando confiar no presidente e 55% aprovando sua maneira de governar.

Print Friendly, PDF & Email