Bombeiros do DF monitoram 16 mil imóveis contra a dengue em 2021

Desde o início do ano, eles fizeram 16.262 vistorias em imóveis  

Desde o início do ano, militares do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) monitoram pontos característicos de proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya. Eles fizeram neste ano 16.262 vistorias em imóveis, o que resulta na média mensal de 3.252 inspeções.

“Os bombeiros trabalham em diversas frentes de combate ao Aedes aegypti. Uma das ações é a ‘Supressão de Vetores’, com a instalação e monitoramento de armadilhas para reduzir a população de mosquitos e criando um indicador para direcionar a aplicação de UBV pesado, conhecido como fumacê”, diz a secretária executiva de Políticas Públicas, Meire Mota.

Segundo Meire, a presença dos militares nas vistorias domiciliares vai muito além da simples identificação e eliminação dos focos. “Eles reforçam as orientações aos moradores sobre a importância na prevenção dos possíveis criadouros. A atuação dos militares é fundamental nas ações de combate ao Aedes aegypti”.

Estiagem

No período de estiagem é de extrema importância que a população permaneça atenta e não deixe de tomar os devidos cuidados para maior efetividade das ações do poder público, como afirma o coordenador do grupo de trabalho, tenente-coronel Ivan Santos.

“Os cuidados devem ser os mesmos. Podem ter locais em que a água fique reservada. Nosso intuito é visitar pontos já identificados e monitorá-los, antes do período chuvoso, para que possamos eliminar possíveis criadouros e impedir a disseminação das arboviroses, mas o cidadão tem um papel fundamental na luta contra o mosquito”.

Cuidados

● Manter os tonéis e caixas d’água tampados;

● Manter as calhas sempre limpas;

● Deixar as garrafas sempre viradas com a boca para baixo;

● Manter as lixeiras bem tampadas;

● Manter os ralos limpos e com aplicação de tela;

● Limpar semanalmente ou preencher pratos de vasos de plantas com areia;

● Limpar os potes de água para animais;

● Retirar a água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa etc.

● Cobrir e realizar a manutenção periódica em áreas de piscinas e similares;

● Manter as canaletas externas sempre limpas e livre de água acumulada;

● Ficar atento a plantas como bromélia, babosa e outras que podem acumular água;

● Manter lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas, para evitar formação de poças d’água.

Print Friendly, PDF & Email