Após encontro com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, o governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado, fala com a Imprensa.

Caiado afirma que Lázaro, autor de chacina, é um “assino perigosíssimo”

Em seis dias Lázaro matou quatro pessoas, baleou outras três e  fez reféns em chácaras 

 Ronaldo Caiado (DEM), governador de Goiás, disse que Lázaro Barbosa (32), autor de uma chacina ocorrida no Incra 9, Ceilândia, na quarta-feira passada (9), é “um facínora, um assassino perigosíssimo, que age com requintes de crueldade”.

Cerca de 200 homens integram a operação que tenta capturar Lázaro, que já trocou tiros com a polícia, invadiu propriedades rurais e segue escondido nas matas da região. “É algo que mostra que é, realmente, uma pessoa totalmente desequilibrada”, afirma Caiado.

Caiado disse que as atitudes mostram que, para ele, o ser humano não tem significado algum. “Ele é capaz de praticar as maiores barbáries”.

Leia também:
Setembro teve menor número de crimes contra a vida em 22 anos

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, comentou sobre o caso e disse que Lázaro faz polícias do DF e GO “quase como bobas”.

“Essa caçada nos impressiona muito. São quase 300 homens da polícia do Distrito Federal e de Goiás que estão atrás desse marginal e que não conseguiram ainda localizá-lo. Espero que isso aconteça o mais rápido possível, para que a gente possa tranquilizar as famílias daquela região e dar a punição devida a esse marginal que vem causando tanto mal e que vem fazendo a polícia do Distrito Federal e do Goiás quase como de bobas”.

Print Friendly, PDF & Email