Caminhoneiros seguem com paralisação em 15 Estados

O Ministério da Infraestrutura divulgou boletim sobre a situação de bloqueios nas estradas e informou que, às 0h30 de hoje, foram registrados pontos de concentração em rodovias federais em 15 estados

Na madrugada desta quinta-feira (9), o Ministério da Infraestrutura emitiu boletim informando que 15 Estados registram paralisação de caminhoneiros.

De acordo com a pasta, há pontos de concentração em estradas federais em: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, São Paulo e Pará.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) liberou trechos bloqueados em São Paulo e Rio Grande do Sul.

Leia também:
CLDF aprova redução de ICMS de combustíveis e energia elétrica

“Há duas ocorrências de interdição em Minas Gerais e a PRF já está no local atuando”, disse o ministério.

Os caminhoneiros participam das manifestações em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e pedem a destituições dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

Na noite de quarta-feira (8), Bolsonaro pediu que os caminhoneiros liberem as estradas, pois esses tipos de bloqueios “atrapalham a economia” e teve o apelo reforçado pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

O ministro pediu que os caminhoneiros “escutem atentamente as palavras do presidente” e tenham “serenidade para pavimentar um futuro melhor”. Tarcísio falou que a solução virá através do diálogo das autoridades.

 “A gente sabe que há uma preocupação de todos com a melhoria da situação do país e com a resolução de problemas graves, mas a gente não pode tentar resolver um problema criando outro e principalmente prejudicando os mais vulneráveis. […] Vamos confiar nesta condução, no diálogo e vamos em frente”, afirmou o ministro.

Boletim do Ministério da Infraestrutura

O Ministério da Infraestrutura, com base em informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), informa que, a 0h30 do dia 09 de Setembro de 2021, são registrados pontos de concentração em rodovias federais de 15 estados.

São estes: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia. Maranhão, Roraima, São Paulo e Pará.

IMPORTANTE: Pontos de retenção na região norte de Santa Catarina, onde a mobilização chegou a ameaçar condições de abastecimento, já estão liberados por equipes da PRF.


Todos os pontos de bloqueio registrados no Rio Grande do Sul e em São Paulo foram liberados. Há duas ocorrências de interdição em Minas Gerais e a PRF já está no local atuando”.

Print Friendly, PDF & Email