Candidatos que querem ocupar a Mesa Diretora precisam de apoio da oposição

Cinco nomes podem concorrer ao cargo, porém até o momento apenas três afirmam querer preencher os cargos da Mesa Diretora da Câmara legislativa

Marcada para o dia 15 de dezembro, eleição para Mesa Diretora da Câmara Legislativa, conta com três nomes cotados para o cargo, Rafael Prudente (MDB), Eduardo Pedrosa (PSD) e Reginaldo Veras (PDT) que afirma ter interesse somente nos cargos para presidência e vice.

Reginaldo Veras foi o único candidato que anunciou publicamente a candidatura, Veras afirma que irá precisar da ajuda de partidos da oposição para subir sua média de votos.

“Sou pré-candidato, meu nome é sempre cotado. Enquanto estiverem cotando, sou pré-candidato. Sei que a minha chance é pequena. Hoje, eu teria sete votos. Mas quem tem sete, tem capacidade de ampliar para 13. Eleição é sempre uma surpresa” diz o candidato do PTD.

Leia também:
CLDF aprova criação da carreira de magistério superior para Universidade do DF

Rafael Prudente aumentou seu favoritismo e é o principal nome para o cargo, conversando com a oposição, devolveu o requerimento que solicitava instalação da CPI, conta com o apoio do governador Ibaneis, participou de eventos importante como a entrega de casas na samambaia, Prudente passa por recuperação, após ser infectado com o coronavíus.

Rodrigo Delmasso do partido dos Republicanos, desistiu do cargo no passado para apoiar outro grupo, e neste ano luta por independência na mesa diretora, contando principalmente com o apoio local.

Print Friendly, PDF & Email