Capivara é resgatada no espelho d’água do Congresso Nacional

Após o Batalhão Ambiental capturar o animal, ele foi levado até a equipe de veterinários do Zoológico de Brasília, onde será tratado de ferimentos na boca 

Na manhã desta quarta-feira (20) por volta das 06h00, uma capivara foi resgatada por militares do Batalhão Ambiental (BPMA). O animal estava no Anexo da Câmara dos Deputados, no Congresso Nacional e nadava no espelho d’água quando foi capturado. 

Para conseguir pegar o animal foi preciso o reforço de brigadistas do Congresso e de funcionários da limpeza para realizar um cerco. No momento em que foi resgatado os militares constataram que a capivara estava ferida e a levaram para atendimento veterinário no Zoológico de Brasília.

No zoo, a equipe sedou o animal e realizou um tratamento para cuidar de sua boca que estava ferida e um dente quebrado, até ter condições de ser devolvida à natureza.

Segundo o primeiro-sargento da PM Vitorino Soares, que participou do resgate, “não é comum encontrar capivaras naquela região”. “Ela pode ter saído do Lago Paranoá à noite, ido até o Congresso e ficou por lá.”, disse ele. 

Cerca de 1h depois, a mesma equipe resgatou outra capivara no gramado da quadra 314 da Asa Sul. Como o animal estava saudável, foi levado ao seu habitat natural.

Capivara 

A capivara é o maior roedor herbívoro do mundo, um animal adulto pode pesar 70 kg. Segundo especialistas, o macho da espécie pode ser identificado por uma glândula sebácea, localizada no focinho.

As capivaras gostam de ficar perto da água. No DF, é muito comum ver esses animais no lago paranoá. No ano passado, um grupo desses roedores já parou o trânsito no Setor de Clubes Esportivos Sul,enquanto atravessavam a pista.

Print Friendly, PDF & Email