Casos de coronavírus disparam no DF no último mês

Governo estuda medidas de restrição em outras cidades 

Dados apontam um crescimento de 594% de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no Distrito Federal. O Governo do DF vem estudando ampliar as restrições, como vem acontecendo nas cidades de Ceilândia e Estrutural.

“O Governo do Distrito Federal explica que é possível que medidas semelhantes sejam adotadas em qualquer uma das regiões administrativas, visto que tais decisões garantem a preservação de vidas”, informação do Metrópoles

A Secretaria de Saúde informa que o aumento de casos já era algo esperado para a capital, pois ainda não atingiu o pico da pandemia que está previsto para a primeira quinzena de julho. O crescente número de casos se deve também ao trabalho que vem sendo realizado pelas testagens em massa na população.

Segundo informações, as restrições nas cidades de Ceilândia e Estrutural foram positivas, porém ainda é necessário tempo para analisar de fato a situação. Sendo assim, o governador irá focar na conscientização da população, reforçando as medidas que a Saúde orienta, mas é necessário que a população coopere, evitando aglomerações.

Leitos

Até ontem (8), foram contabilizados a ocupação de 54% dos leitos com ventilação mecânica. No caso dos leitos de enfermaria para tratamento da doença, 174 estavam ocupados, dentro do universo de 431. Percentualmente, a taxa de ocupação é de 40%.

Pelo diagnóstico da infectologista Joana D’arc Gonçalves, o GDF precisa apostar na conscientização para frear o avanço da pandemia. “As pessoas não se aglomeram por maldade. É natural da nossa cultura”, explicou.

Com informações do Metrópoles

Print Friendly, PDF & Email