reprodução

Celso de Mello decide hoje sobre divulgação de vídeo de reunião ministerial

O material servirá para apurar as denúncias feitas por Sérgio Moro

A data limite estabelecida pelo próprio ministro, Celso de Mello termina hoje (22). A divulgação trata do video da reunião ministerial realizada no dia 22 de abril. O material servirá para apurar as denúncias feitas por Sérgio Moro em depoimento à Polícia Federal, no qual acusa Jair Bolsonaro (sem partido) de interferência na PF.

Celso de Mello começou a assistir o vídeo na noite do dia 18 de maio. Peritos da Polícia Federal concluíram a transcrição na terça-feira (19) e o laudo já foi entregue à equipe que conduz a investigação junto à Corte. O trabalho durou uma semana.

O presidente, Jair Bolsonaro defende a divulgação parcial do vídeo.

“Eu só peço: não divulgue a fita toda. Tem questões reservadas, tem particularidades ali de interesse nacional. O resto, o que eu falei… Tem dois pedacinhos de 15 segundos que é questão de política externa que não pode divulgar. O resto, divulga. E tem bastante palavrão, tá”, disse Bolsonaro, durante live nas redes sociais. 

A expectativa é que a decisão do ministro sai até às 17h desta sexta-feira, podendo o vídeo ser divulgado na íntegra ou parcialmente.

Print Friendly, PDF & Email