Escola Parque Anísio Teixeira, Ceilândia, Brasília, DF, Brasil 23/5/2017 Foto: Andre Borges/Agência Brasília. A três dias do fim da campanha de vacinação contra a gripe, 419.258 pessoas se imunizaram no Distrito Federal, de acordo com a Secretaria de Saúde. Os dados se referem a segunda-feira (22) e correspondem a 61% dos 687.155 do público-alvo apto a receber a dose, que barra a contaminação pelo vírus H1N1. Nesta terça-feira (23), profissionais da educação das redes pública e privada do DF podem se vacinar contra a gripe em escolas. A medida visa ampliar a adesão do grupo à campanha de imunização, que se encerra na sexta-feira (26).

CLDF aprova projeto que exige comprovante de vacinação no DF

A PL prevê comprovação de recebimento da vacina contra a Covid-19 para serviços do GDF, acesso a benefícios sociais e matrículas em escolas públicas e privadas

Na quarta-feira (10), a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) aprovou em segundo turno o Projeto de Lei que prevê comprovação de recebimento da vacina contra a Covid-19 para acesso a benefícios sociais, matrículas em escolas públicas e privadas, e atos administrativos junto ao governo do DF.

O Projeto de Lei nº 1.668, de 2021, é de autoria do deputado distrital Chico Vigilante (PT), e já tinha sido aprovado em primeiro turno na terça-feira (9). Durante a discussão os parlamentares afirmaram que a obrigação da imunização fere direitos individuais, enquanto o outro lado considerou a vacinação uma medida essencial para a saúde coletiva na pandemia.

Ao explicar a medida, Chico Vigilante disse: “a apresentação de comprovante de vacinação é mais uma maneira para que a vacina alcance o maior número de pessoas possíveis, tendo em vista que a imunização ao vírus é a única forma de controle e/ou erradicação do mesmo”. Ressaltou.

O texto foi aprovado pela Casa com uma emenda da deputada Arlete Sampaio (PT), assegurando que a exigência de vacinação passará a valer quando todas as etapas de imunizações forem concluídas. “a partir do cumprimento, pelo Governo do Distrito Federal, de todas etapas e protocolos de vacinação contra a Covid-19, para imunização de toda a população elegível do Distrito Federal”.

Leia também:
Covid-19: população do DF com mais de 70 anos está 100% imunizada

Ao todo, nove dos 17 parlamentares presentes na sessão foram favoráveis à proposta. Outros quatro se posicionaram contra, e quatro se abstiveram. Agora, o PL será enviado para análise do governador Ibaneis Rocha (MDB) para ser sancionado.

Print Friendly, PDF & Email