Com medidas restritivas, taxa de transmissão caiu para 0,86 no DF

Com medidas restritivas, taxa de transmissão caiu para 0,86 no DF

De acordo com o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, o número de casos de infecção pela Covid-19 também tem demonstrada tendência de queda

Na quarta-feira (7), o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha afirmou que as medidas restritivas implementadas fizeram com que a taxa de transmissão da Covid-19 caísse para 0,86. Segundo o secretário, os números regrediram após decretos distritais.

Durante coletiva de imprensa realizada no Palácio do Buriti, Gustavo Rocha afirmou que esse número chegou a 1,38 no ápice da crise no DF, mas que esse número vem diminuindo até o registrado na última terça-feira (6). Na semana anterior, a média foi de 0,91.

Conforme o secretário, o número de casos de infecção pelo vírus também vem recuando. Entre segunda e terça desta semana foram 1.388 novos casos. De ontem para hoje, o registro foi de 904 notificações.

Leia também:  Primeiro lote da vacina Sputnik V no Brasil é produzido no DF

Casos

“Esses números já demonstram que as medidas restritivas do governo foram exitosas e poderemos voltar à normalidade aos poucos. Os efeitos dessa redução serão sentidos mais para frente”, disse.

O titular da pasta afirmou que, atualmente, a capital federal está com 12.970 casos ativos de pessoas infectadas.

“Esses resultados são reflexos de 15 dias atrás, quando o comércio ainda estava fechado. Os próximos números é que vão nos mostrar os efeitos da reabertura das atividades”