Covid-19: Brasil registra 1.910 mortes em 24 horas

Os números são os mais graves desde início da pandemia no Brasil, em 24 horas foram contabilizadas 1.910 mortes e 71.704 novas infecções de coronavírus

Segundo o mais recente balanço divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nessa quarta-feira (3), o Brasil bateu um novo recorde no número de mortes em decorrência do coronavírus, foram 1.910 registros nas últimas 24 horas. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos sete dias chegou a 1.332.

Leia também:
Bolsonaro diz que não tomará a vacina

Em relação ao número de casos confirmados entre terça (2) e quarta-feira (3), foram 71.704 novas infecções de coronavírus nas últimas 24 horas. A última semana foi considerada a pior desde o começo da pandemia no Brasil, ao todo 259.402 pessoas morreram em decorrência da covid-19, e 10.722.221 de brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus.

Nos dois casos é indicado tendência de alta, nas mortes a variação foi de 29% em comparação à média de 14 dias atrás, e casos confirmados a variação é de 27% em relação aos casos registrados em duas semanas.

Leia também:
Governo publica regras para retorno ao trabalho presencial de servidor

Estados em alta

16 estados mais o Distrito Federal, estão em alta no números de casos e mortes, são eles: PR, RS, SC, SP, DF, MS, AC, PA, TO, AL, BA, CE, MA, PB, PI, RN e SE

Oito estados mantêm índices estáveis: ES, MG, RJ, GO, MT, RO, RR e PE

Em queda apenas dois estados: AM e AP

Das 5 regiões, 3 registram tendência de alta: Nordeste (59%), Norte (190%) e Sul (106%). Centro-Oeste (14%) e Sudeste (14%) estão estáveis.

Ocupação dos leitos

Leia também:
Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Um boletim da Fiocruz divulgado ontem (3), indica que nove estados estão com 90% de ocupação de leitos de UTI para covid-19. Segundo o laboratório, é a primeira vez desde o início da pandemia que se verifica um agravamento simultâneo de diversos indicadores no Brasil, como a alta do número de casos e de mortes, e a alta positividade de testes e sobrecarga dos hospitais.

Entre os estados com alto índice de lotação nas UTIs de hospitais, estão: Santa Catarina (99%), Rondônia (97%), Ceará (93%), Pernambuco (93%), Acre (92%), Amazonas (92%), Paraná (92%), Rio Grande do Norte (91%) e o Distrito Federal (91%).

Leia também:
Plenário aprova R$ 623,71 milhões em créditos suplementares para diversas áreas

Outros sete estados têm taxa entre 63% e 76%. Em todo o país, apenas Sergipe está fora do zona de alerta, com 59% da ocupação de leitos.

Print Friendly, PDF & Email