Covid-19: imunização de idosos de 72 e 73 anos deve começar na quinta-feira no DF

O governador Ibaneis Rocha (MDB) pretende incluir pessoas de 72 e 73 anos na campanha de vacinação contra a Covid-19 até quinta-feira (18)

Durante coletiva de imprensa na tarde dessa segunda-feira (15), no Palácio do Buriti, o secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto e o secretário da Casa Civil do DF, Gustavo Rocha, disseram que o governador Ibaneis Rocha (MDB) pretende incluir pessoas de 72 e 73 anos na campanha de vacinação contra a Covid-19 quando receber um novo lote dos imunizantes. 

O secretário da Casa Civil do DF, Gustavo Rocha, adiantou o próximo grupo que deve receber imunização no Distrito Federal. “A intenção do governador Ibaneis Rocha, com a chegada desse lote de vacinas, caso se concretize, é começar a atender os idosos de 72 e 73 anos (prevista para quinta-feira)”, assegurou Rocha.

Na ocasião, Osnei Okumoto informou que a rede pública de saúde do Distrito Federal deve receber mais 60 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para tratamento de pacientes com covid-19, durante esta semana. Sobre a chegada de novas doses de vacinas, Okumoto explicou que a chegada costuma ocorrer às terças-feiras, e que a pasta ainda não havia recebido, a informação de um novo lote por parte do governo federal.

“Não recebemos uma notificação por parte do Ministério da Saúde, mais diretamente do Programa Nacional de Imunização (PNI), para falar do quantitativo que vai chegar. Normalmente, chega na terça-feira”. Disse Okumoto.

Leitos

Leia também:
Covid-19: DF começa a aplicar reforço em profissionais da Saúde

Na tarde de segunda-feira (15), havia 291 pessoas na fila por um leito de UTI no DF. Destas, 233 são pacientes diagnosticados com a Covid-19.

De acordo com o secretário de Saúde, Brasília deve abrir, ainda nesta semana, mais 60 leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). As vagas serão distribuídas em três hospitais.

“Teremos mais 10 no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), 20 no Hospital de Base (HBDF), e estamos estudando mais 30 no Hospital Regional do Gama (HRG). Além desses, da rede pública, temos a contratação de 28 leitos da rede privada, vindos de três hospitais: Hospital Home, Hospital Daher e Hospital Ana Nery”, ressaltou o secretário.

De acordo com a última atualização feita pela SES-DF, a rede pública hospitalar do Distrito Federal estava com ocupação total de leitos de UTI adulto, pediátrico e neonatal para tratamento da doença em 94,63%. Desses, 19 leitos de UTI para covid-19 estão vagos e 17 bloqueados ou à espera de liberação. Do total de 371 leitos em todos os hospitais, 335 estão ocupados.

Okumoto sobre os hospitais particulares disse: “A rede privada também está, neste momento, completamente tomada pelas internações em leitos de UTI.”.

Nos hospitais privados, conforme a última atualização, a mesma porcentagem está maior: 90,33%. Do total de 365 leitos de UTI para covid-19, 329 estão ocupados, 36 encontram-se vagos e apenas um está bloqueado nas unidades particulares.

Print Friendly, PDF & Email