(Manaus - AM, 25/07/2019) O Governador do Amazonas Wilson Lima durante solenidade de entrega de medalhas da Olimpíadas Internacional de Matemática Sem Fronteiras 2019 Foto: Isac Nóbrega/PR

CPI da Covid-19: Governador do Amazonas, Wilson Lima, decide não depor

Na noite de quarta-feira (9), a ministra do Supremo Tribunal federal, Rosa Weber concedeu o habeas corpus pedido pelo governador para não ir ao Senado Federal

De acordo com o advogado Nabor Bulhões, o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), não vai depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. A informação foi confirmada ao Correio Braziliense.

Na noite da última quarta-feira, ele obteve uma decisão favorável no Supremo Tribunal Federal (STF), da ministra Rosa Weber, que lhe concedeu um habeas corpus para não comparecer ou permanecer em silêncio.

Nabor afirmou que o governador não vai “porque a convocação teve caráter político e teve a finalidade de expor e execrar o governador”.  “Isto não é compatível com a relevante função de uma CPI!”.

Leia também:
Por fim de bloqueios, Bolsonaro conversa com caminhoneiros nesta quinta-feira

Na decisão, a ministra argumentou que a convocação de um governador é inconstitucional. Rosa Weber também apontou que a presença obrigatória de Lima violaria a “separação de poderes” e que princípios constitucionais apontam para a “não intervenção federal nos estados e no DF”.

Na última segunda-feira, o presidente da CPI, Omar Aziz, afirmou que uma decisão assim do Supremo seria interpretada como interferência de um poder em outro.

Print Friendly, PDF & Email