Porto Alegre - Cédulas falsas com o número de série repetido. Polícia Federal deflagou a Operação Inkjet 2, para desarticular um grupo que fabricava e comercializava dinheiro falsificado (Daniel Isaia/Agência Brasil)

De acordo com IBGE, trabalho por “conta própria” volta ao nível do início da pandemia

Os dados são da Pnad do IBGE agregados em períodos trimestrais

De acordo com publicação do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) a partir de informações do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), os trabalhadores autônomos e microempresários, reunidos na categoria “conta própria”, somavam 23,7 mi em março. São 100 mil a mais que em março de 2020, no início da pandemia. Em janeiro e fevereiro, o número foi maior depois do aquecimento com as contratações do fim de ano.

Leia também:
Segundo Datafolha, maioria vê pandemia controlada no país

Os dados são da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) do IBGE agregados em períodos trimestrais. Segundo o Instituto, alguns números aparecem depois do mês a que se referem de fato, mas isso não afeta o resultado global e as tendências apontadas.

Os números dos sistemas de previdência do país indicam recuperação. Os contribuintes, incluindo funcionários públicos, chegaram a 55,4 mi. É mais que em maio de 2020 e 4% abaixo do início da pandemia.

Leia também:
De acordo com IBGE, desemprego fica em 14,6% e atinge 14,8 mi no trimestre encerrado em maio

A renda mensal do trabalho ficou em R$ 2.526 em março, ligeiramente superior aos R$ 2.492 do mesmo mês de 2020 já atualizados pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

Em 20 de janeiro de 2020, a Organização Mundial de Saúde classificou o surto de Covid-19 na Ásia e nos Estados Unidos como Emergência de Saúde Pública Internacional.

Print Friendly, PDF & Email