Deputados, blogueiros e empresários são alvos de Operação da PF

Operação da PF cumpre mandados de busca e apreensão para apurar Inquérito das Fake News

Na manhã de quarta-feira (27), a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão em cinco estados e no Distrito Federal para apurar a produção de informações falsas e ameaças à Corte – “Inquérito das fake news”.

Entre os alvos das buscas estão o ex-deputado federal Roberto Jefferson,  empresário Luciano Hang, dono da Havan e as parlamentares Carla Zambeli e Bia Kicis. Eles sao aliados do presidente Jair Bolsonaro. 

As medidas foram autorizadas pelo ministro Alexandre de Moraes, relator do caso. Na operação as buscas foram feitas em dois endereços de Roberto Jefferson, Comendador Levy Gasparian e outro em Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro. 

As investigações apontam que o grupo produz e dissemina informações falsas, seguindo sempre o mesmo padrão de tipo de mensagens e períodos que são enviadas. Os quatro financiadores desse grupo foram identificados como sendo, Edgar Corona, Luciano Hang, Reynaldo Bianchi Júnior e Winston Rodrigues e foi determinada também a quebra de sigilo bancário e fiscal destes envolvidos do período entre julho 2018 e abril de 2020.

Alexandre de Moraes determinou ainda, o bloqueio de contas nas redes sociais como, Facebook, Instagram e Twitter dos 16 investigados.

Alvos dos mandados da operação de quarta-feira

Luciano Hang (SC): empresário, dono da Havan

Roberto Jefferson (RJ): ex-deputado federal preso no Mensalão

Allan dos Santos (DF): blogueiro

Sara Winter (DF): blogueira

Winston Lima (DF): blogueiro

Edgard Corona (SP): empresário, dono das redes de academia SmartFit e BioRitmo (SP)

Edson Pires Salomão (SP): assessor parlamentar do deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP)

Marcos Bellizia (SP): um dos líderes do movimento “Nas Ruas”

Otavio Fakhoury (SP): Investidor do setor imobiliário, um dos fundadores do partido Aliança para o Brasil

Rafael Moreno (SP), blogueiro

Rodrigo Barbosa Ribeiro (SP): assessor parlamentar do deputado Douglas Garcia (PSL) e líder do “Movimento Conservador” em Araraquara

Paulo Gonçalves Bezerra (RJ), empresário

Reynaldo Bianchi Júnior (RJ): humorista

Bernardo Kuster (PR): em uma rede social, se define como diretor de opinião do jornal “Brasil Sem Medo”

Eduardo Fabris Portella (PR)

Marcelo Stachin (MT): nas redes sociais, é defensor de Bolsonaro e com frequência se manifesta contrário ao STF

Deputados que serão ouvidos no inquérito em dez dias

Bia Kicis (PSL-DF)

Carla Zambelli (PSL-SP)

Daniel Silveira (PSL-RJ)

Filipe Barros (PSL-PR)

Junio Amaral (PSL-MG)

Luiz Phillipe de Orleans e Bragança (PSL-SP)

Douglas Garcia (PSL-SP)

Gil Diniz (PSL-SP)

Print Friendly, PDF & Email