Distrito Federal está preparado para uma segunda onda, afirma Osnei Okumoto

Cirurgias eletivas foram suspensas, pois a demanda de medicamentos para conter o coronavírus era grande

O Secretário da Saúde do DF, Osnei Okumoto, em entrevista concedida ao C.B Poder, disse que a capital está preparada para uma segunda onda de covid-19, o secretário afirma que o GDF está equipado com testes e leitos suficientes para todos.

Quando questionado sobre às cirurgias eletivas que forma suspensas no início da pandemia, Osnei disse que elas estão acontecendo normalmente no momento, e que a paralisação ocorrida foi devido a necessidade de utilizar todos os recursos e medicamentos na contenção do coronavírus, mas algumas cirurgias de caráter emergencial estavam ocorrendo normalmente.

Em questão de coronavírus e a segunda onda que aconteceu na Europa, e que pode ocorrer no Brasil, Okumoto falou que o clima na Europa era propenso para que isso ocorresse, pois estavam entrando no inverno/outono, aqui no Brasil estamos no verão o que dificulta a disseminação do vírus.

O plano de contenção do vírus começa com um inquérito epidemiológico em parceria com o Serviço Social de Comércio (Sesc), realizando a doação de 150 mil testes rápidos, o Ministério da Saúde encaminhará uma equipe até as 34 regiões administrativas e sorteará 230 pessoas por cada RA, para fazerem o teste e assim analisar através dos anticorpos como o vírus está caminhando, as pessoas que obtiverem resultados positivos ficarão em observação.

Em relação a vacina, o secretário está deixando a decisão nas mãos do Ministério da Saúde, Okumoto afirma que eles estão fazendo um ótimo trabalho referente a isso, e que aquisições da vacina serão feitas.

Print Friendly, PDF & Email