Distrito Federal mantém ponto facultativo no carnaval

Após vários estados do Brasil decidirem cancelar o ponto facultativo no carnaval, o governador Ibaneis Rocha (MDB), afirmou que, no Distrito Federal, será mantido

Nesta segunda-feira (1) o governador Ibaneis Rocha (MDB), afirmou que, no Distrito Federal, será mantido o ponto facultativo no carnaval, nos dias 15, 16 e até as 14h00 do dia 17 de fevereiro. A justificativa foi dada após, Governos estaduais e terem anunciado o cancelamento do ponto facultativo do período do carnaval. A decisão foi tomada para evitar a disseminação da coovvid-19 no País.

Diversos estados do Brasil escolheram cancelar o feriado de carnaval; Bahia (BA), de Pernambuco (PE), de Alagoas (AL), de Minas Gerais (MG), do Maranhão (MA) e de São Paulo (SP) anunciaram o cancelamento. Algumas cidades de outros estados, como Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS) e Campo Grande (MS) também escolheram não conceder o ponto facultativo na data

Rui Costa (PT), governador da Bahia, cancelou o ponto facultativo no Estado, “Em razão da pandemia e do cancelamento da festa em fevereiro, o Estado e a Prefeitura da capital entendem que não há motivo para decretar ponto facultativo nos dias mencionados acima”, justificou o governo baiano.

Em São Paulo, a decisão tem o objetivo de evitar aglomerações em eventos clandestinos em um momento de aumento de casos na cidade. O secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (29), afirmou que não será ponto facultativo nos dias segunda e terça-feira de carnaval, em 15 e 16 de fevereiro, e na quarta-feira de cinzas, no dia 17.

“Pela saúde é o mais correto para poder com esse arrefecimento da pandemia em todo o Estado de São Paulo. É um ponto facultativo e, portanto, o governo do Estado tomando essa decisão, as prefeituras também têm essa prerrogativa no que tange aos serviços municipais. A Prefeitura municipal de São Paulo já tomou essa decisão, e a nossa recomendação, assim como da Associação Paulista de Municípios é de que sigam essa prerrogativa da ciência” disse, Marco.

Nos últimos sete dias, o DF registrou 5.791 novos infectados pelo novo coronavírus. Até a noite de domingo (31), a capital contabilizava 4.554 óbitos e 277.110 casos da doença.

Apesar do ponto facultativo ser mantido, estão proibidos; as festas públicas de carnaval, funcionamento de boates e casas noturnas, a realização de eventos, de qualquer natureza, que exijam licença do Poder Público, com exceção dos eventos corporativos como congressos, convenções, seminários, simpósios, feiras e palestras.

Print Friendly, PDF & Email