Distrito Federal realizou 785 mil testes da covid-19

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD)

Segundo pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Distrito Federal lidera o ranking de unidade federativa que mais realizou testes da covid-19. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) covid-19.

O Distrito Federal lidera o ranking com 25,6% testados, correspondendo a 785 mil da população brasiliense. Os estados do Amapá (11%) e Piauí (10,5%) ocupam a segunda e a terceira posição, respectivamente. No percentual de testes com resultado positivo o DF ficou em terceiro lugar, atrás de Roraima e Amapá.

A pesquisa apontou também que o número de pessoas diagnosticadas com alguma comorbidade no DF é de 736 mil. As mais recorrentes são diabetes, hipertensão, asma, bronquite, enfisema, doença respiratória crônica ou outra doença de pulmão, doenças de coração, depressão e câncer.

Teste

PNAD revela que no DF, 398 mil pessoas fizeram o teste SWAB (exame com material coletado com cotonete na boca e/ou nariz), com 30,2% dos resultados positivos (estabilidade em relação ao mês anterior); 335 mil realizaram o exame de sangue com furo no dedo, com 12,8% positivos (estabilidade em relação ao mês anterior); e 214 mil fizeram o exame de sangue através da veia do braço, com 23,4% positivos (queda em relação ao mês anterior).

PNAD

O objetivo da pesquisa é estimar o número de pessoas com sintomas referidos associados à síndrome gripal e monitorar os impactos da pandemia da COVID-19 no mercado de trabalho brasileiro.

A coleta da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, PNAD COVID19 teve início em 4 de maio de 2020, com entrevistas realizadas por telefone em, aproximadamente, 48 mil domicílios por semana, totalizando cerca de 193 mil domicílios por mês, em todo o Território Nacional.

Print Friendly, PDF & Email