Em seu governo, Ronaldo contabiliza 60 obras, Alysson, aumenta a dívida do município em 2.870%

Comparada à gestão de Ronaldo (PTB), Alysson (PP), atual prefeito de Alexânia, aumentou a dívida em 2.870% no município ocasionando um déficit exorbitante

Ronaldo Queiroz (PTB) foi prefeito por duas vezes em Alexânia (GO).  Foi eleito em 2005 e durante seu mandato, contabilizou 60 obras na cidade, até 2008. “Pode somar os mandatos seguintes da Cida do Gelo e do Allysson e somar que não dará esse número”, afirmou.

Já o atual prefeito e candidato à reeleição, Alysson Silva (PP), fez a dívida do munícipio de Alexânia saltar de R$ 719.388,31 para R$ 22.006.736,49, um aumento de 2.870%, de acordo com o Tribunal de Contas dos Municípios (TCMGO).

No primeiro ano de seu mandato, a dívida do AlexPrev aumentou 3%, chegando a R$ 745.961,32. No segundo ano, o déficit chegou a R$ 10.644.654,96, uma alta de 1.326%. De acordo com o Tribunal de Contas dos Municípios (TCMGO), a dívida de Alexânia saltou para R$ 22.006.736,49, ocasionando um aumento de 106%.

O déficit do AlexPrev do atual governo chega a 2.870%, se comparado com a última gestão do governo Ronaldo, durante o período de 2013 a 2015. “Esse foi um período mais complicado para executar obras, pois estávamos vivendo a saída de uma presidente, o que reverberou nas receitas de todos os municípios”

Ronaldo, mesmo com as dificuldades, não deixou a dívida para fornecedor e nem com os funcionários. O político conclui, “Deixei obras encaminhadas para o gestor seguinte. Allysson assumiu e já pegou a coisa andando”, conta. “Queria muito assumir uma prefeitura e deixar do jeito que entreguei”.

Print Friendly, PDF & Email