GDF divulga protocolo para volta às aulas presenciais na rede pública

O segundo semestre letivo terá início a partir do dia 2 de agosto

Na terça-feira (13), a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SE-DF) divulgou o protocolo para retorno das aulas presenciais na rede pública. De acordo com a pasta, o documento é preliminar, mas traz diversas orientações sobre como as atividades devem ser realizadas a partir de 2 de agosto, quando terá início o segundo semestre.

Elaboradas em parceria com gestores e comunidades escolares, as diretrizes contêm desde instruções sobre cuidados individuais, como uso de máscara, até tópicos relacionados à higienização e adequação dos espaços físicos.

Leia também:
Até novembro, Ibaneis entregará 7 novas UPAs

Segundo o protocolo, o retorno será feito com um modelo híbrido, com metade das turmas em sala de aula e o restante, acompanhando pela internet.

A pasta afirma que 56 mil professores da rede pública já receberam pelo menos uma dose da vacina contra Covid-19.

Ensino híbrido

O modelo híbrido será adotado para “evitar aglomerações nas unidades escolares e garantir o distanciamento físico necessário dentro das salas de aula”.

  • não será permitido utilizar o sistema de sala ambiente;
  • poderão ser estabelecidas coordenações pedagógicas presenciais, exceto em casos excepcionais;
  • não será permitida a permanência dos(as) estudantes nas escolas por mais de um turno.
Leia também:
Mortes de idosos por Covid-19 caem 85% no DF, após vacinação

Segundo a pasta, a primeiras aulas devem ser “utilizadas para dirimir dúvidas e estabelecer comunicação esclarecedora sobre os novos protocolos de biossegurança e proteção à saúde que serão adotados nas unidades escolares”.

Medidas

O uso de máscara será obrigatório dentro de sala de aula, exceto para crianças com idade abaixo de 3 anos matriculadas em creches.

Datas

O início da modalidade híbrida, com retorno ao ensino presencial, está previsto para o dia 2 de agosto.

Para complementar conteúdo e fechar todas as horas/aula para a conclusão do ano letivo, o GDF instituiu dias letivos aos sábados – esses se manterão 100% remotos. Segundo o calendário, as atividades escolares terminam em 23 de dezembro.

Print Friendly, PDF & Email