GDF investe R$ 160 mi em obras na capital federal

De acordo com o GDF, investimento em viadutos e revitalização de vias ajudam a reduzir o impacto da pandemia no mercado de trabalho, além de melhorar a mobilidade de milhares de pessoas

O Governo do Distrito Federal (GDF) tem investido muito na revitalização dos viadutos da cidade. Entre 2019 e 2020, o governo local investiu mais de R$ 160 mi em reformas e construções de travessias em várias regiões administrativas. Foram 24 tesourinhas reformadas na Asa Norte, e 12 na Asa Sul. As obras se estendem à revitalização da Avenida Hélio Prates; continuidade da W3 Sul; viaduto da Epig; viaduto do Riacho Fundo I; a duplicação da DF-140; viaduto do Recanto das Emas.

Em relação às tesourinhas da Asa Norte e Sul o diretor do Departamento de Edificações da Novacap, Carlos Alberto Spief, afirma: “As tesourinhas da Asa Sul tinham revestimento de cerâmica e quando ele foi retirado percebemos que a estrutura estava muito danificada. As paredes estavam infiltradas e as ferragens enferrujadas”. Ele explica ainda que as obras passam por algumas etapas, reforma e revitalização e urbanização, fresamento do asfalto, limpeza de boca de lobo, plantio de grama, entre outros.

Na via N2, foram realizadas obras de recuperação, reforço estrutural e revitalização dos dois viadutos, perto da plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto. No final de janeiro, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), realizou testes de peso nos dois viadutos, para garantir a qualidade do reforço iniciado em outubro de 2019.

Segundo o diretor da novacap, os viadutos receberam uma camada de aço, tanto na parte superior quanto na inferior, assim como os pilares. “Fizemos isso porque, de acordo com o relatório da Novacap, havia infiltrações. A resistência dos viadutos está sendo adequada às novas normas de trânsito. Antes, aguentavam apenas 36 toneladas, agora até 45 toneladas. Apesar de não ser comum o trânsito de veículos de grande porte, a passagem estará pronta para aguentar caminhões, por exemplo”, pontuou.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF) reconstruiu o guarda-corpo do Viaduto Ayrton Senna, na Estrada Parque Ceilândia (DF-095), no cruzamento com a Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia).

Obras em andamento

O GDF não poupa esforços quando o assunto é melhorar a mobilidade da população do DF, uma prova disso é a construção do viaduto do Torto, os operários trabalham agora nas etapas de terraplenagem, drenagem, pavimentação, colocação de meio-fio e sarjeta, além da conclusão de aproximadamente 5,2 quilômetros de ciclovias.

No Recanto das Emas, a construção do viaduto será um investimento de R$ 37 mi, a nova via vai melhorar o fluxo de 60 mil carros que trafegam pela região diariamente. Mais um viaduto saindo do papel é do Riacho Fundo, o custo da obra é estimado em R$ 16 mi e vai beneficiar cerca de 100 mil motoristas que trafegam pela região.

Na Estrada Setor Policial Sul (ESPM), os moradores da capital ganharão dois viadutos, além da pavimentação rígida, com maior durabilidade, por onde transitam os ônibus.

Para o secretário de Obras e Infraestrutura, Luciano Carvalho, é um trabalho difícil e pode trazer transtornos à população. “Há transtornos, mas faremos de tudo para evitá-los. O objetivo é desafogar o trânsito da região, diminuindo engarrafamentos e transtornos enfrentados pelos usuários, principalmente nos horários de pico”, afirma. 

Em Vicente Pires, duas pontes serão entregues aos moradores da região, Luciano Carvalho ressalta: “Essas obras são muito aguardadas pela população local de Vicente Pires. Elas vão melhorar, consideravelmente, o trânsito. Após a construção das pontes, os moradores e usuários não vão precisar dar voltas enormes para chegar em outros destinos”.

As obras são uma iniciativa do Governo do Distrito Federal para ajudar no combate ao desemprego. Na visão da equipe do governo, esse tipo de investimento pode ser uma saída na luta contra um dos problemas mais sérios da capital. Sendo assim, além de ajudar na mobilidade, ainda geram milhares de oportunidades de emprego.

Print Friendly, PDF & Email