Governo do DF estuda decretar lockdown em 4 regiões administrativas

Final de semana passado o governador Ibaneis pediu que as pessoas ficassem em casa

O bloqueio total de atividades é pensado para Ceilândia, Por do Sol, Samambaia e Estrutural. Na manhã de ontem (3) o governador Ibaneis Rocha não descartou a possibilidade de lockdown. “Lockdown é medida extrema, mas não está descartado”, disse Paulo Pestana coordenador de comunicação do GDF e completou ainda que Ibaneis muito preocupado com o crescente aumento de casos nessas cidades.

No último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde na tarde quarta-feira o DF somava 11.398 casos de Covid-19 e 167 óbitos desde o início da pandemia. Outras 14 pessoas  que vieram de outros estados morreram em hospitais da capital, segundo a pasta estas são contabilizadas na cidade de origem das vítimas.

No domingo (31) o governador publicou um vídeo pedindo para que as pessoas ficassem em casa,

“Por favor, sigam as orientações, fiquem em casa, só saiam se for necessário. E você, comerciante, que agora tem possibilidade de retomar as suas atividades, faça isso com responsabilidade, não nos obriguem a tomar medidas mais duras”, afirmou

Números de casos por cidade com possível lockdown

  • Ceilândia: 1.233 casos e 36 mortes (Inclui os números de Sol Nascente e Pôr do Sol)
  • Samambaia: 771 casos e 23 mortes
  • Scia (Estrutural): 220 casos e 4 mortes
Leia também:
Guedes: Reforma tributária e administrativa serão aprovadas em 2021

Diferenças 

  • Isolamento social – é, em princípio, uma sugestão preventiva para todos para que as pessoas fiquem em casa
  • Quarentena – é uma determinação oficial de isolamento decretada por um governo
  • Lockdown – é uma medida de bloqueio total que, em geral, inclui também o fechamento de vias e proíbe deslocamentos e viagens não essenciais
Print Friendly, PDF & Email