Hospital de Base terá sala própria para vacinação de funcionários e colaboradores

GDF seguirá recomendações do Ministério da Saúde e vacinação terá quatro etapas para atender os grupos prioritários

De acordo com o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), os servidores e colaboradores do Hospital de Base terão uma sala exclusiva para receber a vacinação contra a Covid-19. A sala será instalada até o fim de janeiro no pronto-socorro do hospital. O pedido para a ativação foi feito na terça-feira (6), pela Secretaria de Saúde ao Iges-DF.

A pasta ressaltou que o espaço destinado à vacinação em ambiente hospitalar foi desativado em 2017 por solicitação do então gestor do HBDF e pediu a reativação. “A campanha que está por vir alcançará dimensões superlativas em relação às realizadas anteriormente. Desta forma, as necessidades estruturais e de recursos humanos englobarão grandes desafios logísticos”, diz a pasta.

A secretaria justificou que a reativação da sala está baseada em resoluções da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A secretaria pediu também apoio logístico a fim de reorganizar espaço intra-hospitalar destinado à função de vacinação.

Compra de insumos

Na tarde de quarta-feira (6), a Diretoria de Vigilância Epidemiológica emitiu um despacho com a previsão de material necessário para atender à necessidade da campanha de imunização da Covid-19.

A orientação do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), é que a pasta aguarde as orientações do Ministério da Saúde.“Encaminhamos os quantitativos estimados para todos os insumos necessários para a vacinação contra a Covid-19 e demais campanhas que ocorrerão no ano de 2021 com duração de 12 meses. Os quantitativos foram estimados com base na memória de cálculo realizada em conjunto com a COAPS [Coordenação de Atenção Primária à Saúde] e NVEPI [Núcleos de Vigilância Epidemiológica e Imunização] das regiões de saúde”.

Plano de imunização

De acordo com a pasta, trabalhadores da Saúde e idosos acima de 75 anos serão os primeiros a serem vacinados. Seguindo o plano nacional, o DF dividirá o processo de imunização em quatro etapas, que devem alcançar 678.750 pessoas.

Na fase 2, pessoas com idade entre 60 e 74 anos serão imunizados. Pacientes com comorbidades serão vacinados na 3º fase. Já na quarta fase, estão os professores e profissionais das forças de segurança e salvamento.

Hoje, no DF, há mais de 3 mi de habitantes e, de acordo com o governo do DF, todos terão acesso à vacina, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde. A data do início da vacinação ainda não foi divulgada.

Print Friendly, PDF & Email