Ibaneis afirma que o DF sairá forte da pandemia

“Minhas decisões — desde o fechamento (em março) — foram tomadas a partir de estudos técnicos embasados com dados muito precisos”

Em entrevista ao Correio Braziliense o governador Ibaneis Rocha diz estar convicto da decisão de reabrir atividades econômicas e o retorno das aulas presenciais. “Minhas decisões — desde o fechamento (em março) — foram tomadas a partir de estudos técnicos embasados com dados muito precisos”, destacou. Agora, pede que cada brasiliense faça a sua parte para se proteger. “Ao governo, cabe oferecer as condições de tratamento, mas a preservação da vida deve ser de cada um”.

Leia também:
Economia cresce 7,5% no DF em comparação a 2º trimestre de 2020

Ibaneis disse ainda que, o Banco de Brasília (BRB) manterá linhas de crédito para que o setor produtivo ofereça empregos, e os empresários tenham melhores condições de investimento. “O GDF não parou, mesmo durante a fase mais aguda da doença. A indústria da construção civil não parou sequer um dia”, ressaltou, ao citar obras em andamento. “Se hoje já se pode encontrar obras e ações do GDF por todo o DF, isso vai ficar ainda mais evidente nos próximos meses”, explicou.

Ao ser questionado sobre a volta das aulas o governador disse que “os estudos mostram que já é seguro abrir paulatinamente as escolas. Não é possível manter as crianças em casa à espera de um remédio que não existe e de uma vacina que ainda está em fase de desenvolvimento. A rede pública de educação está sendo preparada, com uma série de procedimentos de segurança para proteger alunos e professores. Sei que não vai ser fácil, mas estamos tomando todos os cuidados para que todos possam voltar a estudar em um ambiente seguro.”

Print Friendly, PDF & Email