Ibaneis assina ordem de serviço para a pavimentação da DF-326, rodovia em área rural da Fercal

A pavimentação faz parte do programa Caminho das Escolas

Na manhã desta quinta-feira (5), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) assinou a ordem de serviço para a pavimentação da DF-326, rodovia em área rural da Fercal.

A pavimentação faz parte do programa Caminho das Escolas, que leva asfalto à porta de unidades de ensino que ficam em áreas rurais do DF.

De acordo com Fauzi, diretor do Departamento de Estradas e Rodagens (DER-DF), serão 30 quilômetros de via asfaltada neste trecho e terá investimento de R$ 12 mi.

“Aqui, Lobeiral, Queima Lençol, escolas grandes, com um povo sofrido de poeira, na seca; de chuva e lama, no período do inverno; e ainda várias situações que sempre fizeram esse povo sofrer demais e que graças a Deus, aos pouquinhos, a gente vai consertando”.

Leia também:
GDF lança campanha "Dignidade Feminina"

“E o projeto Caminho das Escolas é maravilhoso por isso, dá dignidade principalmente para as nossas crianças, professores, pessoas que tanto sofrem com isso”, completou Fauzi.

O tempo estimado para a entrega é de três meses, a partir do início, previsto para começar nos próximos dias.

Ibaneis compareceu à solenidade. A secretária de Educação do DF Hévia Paranaguá também esteve presente no encontro.

Ibaneis recebeu da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) a doação de quatro caminhões pipa que atenderão às comunidades rurais. Ele agradeceu o apoio a parceria com a entidade na realização do projeto.

“Uma das maiores reclamações da população é que as crianças saíam para as suas escolas e voltavam empoeiradas. Naquele momento eu tive a ideia de criar um grande programa para asfaltar todos os caminhos das escolas para que as crianças das áreas rurais tenham a mesma dignidade daqueles que têm filhos que estudam nas cidades do Distrito Federal”.

Leia também:
CLDF aprova criação da carreira de magistério superior para Universidade do DF

“Nós preparamos os projetos e não sabíamos da onde viriam os recursos, mas os projetos estão prontos. E eu recebo em um determinado dia no meu gabinete a visita do presidente da Codevasf. Ele disse para mim: ‘Eu vim aqui ofertar o trabalho da nossa empresa ao Governo do Distrito Federal’. Eu perguntei da onde iria tirar os recursos e ele disse: ‘Ligue para o senador Eduardo Gomes que ele tem disposição para lhe ajudar’. Eu liguei e pedi R$ 3 milhões. O senador colocou R$ 52 milhões à disposição do Distrito Federal e nós levantamos de forma bem rápida todos os projetos que existiam no DER e todos os projetos que tinham na Secretaria de Agricultura e tudo aquilo que existia de projeto foi contemplado”.

Leia também:
GDF abriga juízas refugiadas do Afeganistão

Caminho das Escolas

Sobre o projeto Caminho das Escolas, o chefe do Executivo local disse que mais unidades de ensino serão contempladas. “Esse é um projeto que foi criado por mim. Eu observei muito durante a campanha a dificuldade das crianças de ter acesso a escolas, principalmente por ser a grande maioria em estradas não pavimentadas. Então eu criei esse programa, pedi ao DER que desenvolvesse todos os projetos e nós temos hoje em torno de 20 projetos que estão prontos e devemos contemplar de 10 a 12 ainda esse ano”.

Leia também:
Agências do trabalhador oferecem empregos de até R$ 2,1 mil mensais

“É um projeto que a Codevasf adotou como um projeto nacional. Vai ser distribuído para diversos estados da federação, aqueles cobertos pela bacia do São Francisco e Parnaíba, e eu espero caminhar muito pelo país ainda e ver esse projeto reinando em vários locais”

Print Friendly, PDF & Email