Ibaneis assume presidência do Consórcio Brasil Central

Ibaneis assumirá o lugar de Mauro Mendes, governador do Mato grosso. Durante encontro, Mendes entrou ao governador um documento com as ações recentes do consórcio

Nesta terça-feira (2), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, assumiu o cargo de presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC). Ibaneis cumprirá o mandato com duração de um ano no lugar do governador do mato Grosso, Mauro Mendes, que transmitiu o cargo em ato simbólico no gabinete do chefe do Executivo local.

Leia também:
BRB prorroga entrega do Cartão Gás até o próximo dia 22

“Assumi nessa manhã o cargo de presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC). Ficarei nesse posto por um ano e substituo o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes. Um desafio que encaro com muita garra!”, escreveu no Twitter.

O consórcio é uma autarquia formada por sete governos estaduais: além do DF, integram o grupo Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins. O BrC é também a primeira autarquia composta de estimular o desenvolvimento das unidades da federação participantes.

“Hoje eu tomei posse como diretor-presidente do BrC, um consórcio de grande importância porque faz compras compartilhadas com redução de preço. Só na compra de medicamentos, no ano que passou, houve uma redução de 30% no custo. É um consórcio que vem para desenvolver toda a região Centro-Oeste [e parte do Norte e Nordeste] de forma unificada. Vamos fazer, neste ano, um grande trabalho para ajudar toda a região Centro-Oeste e parte do Norte e Nordeste, que englobam esse consórcio. Vamos juntos trabalhar mais fortes”, destaca Ibaneis Rocha.

Perspectiva

“O governador Ibaneis Rocha assume agora como novo presidente com a sua experiência, competência e, acima de tudo, com a capacidade que ele tem de articular, sendo o governador do Distrito Federal. Nós acreditamos que o consórcio terá, nessa nova administração, avanços ainda mais importantes do que já teve em sua história”, ressalta Mauro Mendes, governador de Mato Grosso e agora ex-presidente do BrC.

A participação do DF como líder do consórcio já foi marcada por uma ação importante capitaneada pelo Banco de Brasília (BRB). O banco regional liberou uma linha de crédito de R$ 1 bilhão, divididos em cinco áreas: BRB Desenvolvimento, BRB Investimento, BNDES, Plano Empresário e Agronegócio. O BRB, inclusive, está presente em parte dos estados que compõem a autarquia: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Print Friendly, PDF & Email