IFB abre mais de duas mil vagas gratuitas em cursos técnicos no DF

As inscrições foram abertas nesta quarta-feira (13) e se encerram no dia 28 deste mês

Nesta quarta-feira (13), o Instituto Federal de Brasília (IFB) abre inscrições para 2.287 vagas em cursos técnicos gratuitos na capital. A seleção será realizada por sorteio eletrônico. Os interessados deverão se inscrever no site da instituição. As inscrições vão até o dia 28 deste mês. Candidatos podem tirar dúvidas pelo e-mail: processoseletivo@ifb.edu.br ou pelo telefone: (61) 2103-2132.

As oportunidades são para as dez unidades da instituição, nas seguintes modalidades: Ensino médio integrado ao técnico; cursos técnicos para quem já tem o ensino médio; cursos exclusivos para jovens e adultos; curso técnico a distância, curso em regime de alternância (com atividades na escola e na comunidade).

O início das aulas está previsto para 10 de maio. As unidades onde os cursos estão sendo oferecidos são: Asa Norte, Ceilândia, Gama, Estrutural, Planaltina, Taguatinga, Samambaia, São Sebastião, Recanto das Emas e Riacho Fundo.

60% das vagas são para quem estudou em escolas públicas e 5% para pessoas com deficiência. Quem tem renda per capita de até R$ 1.650, além dos que se autodeclaram pretos, pardos, indígenas e agricultor familiar. Para os demais, são 35% das vagas.

Há vagas para cursar o ensino médio integrado com formação em administração, agropecuária, cozinha, controle ambiental, desenvolvimento de sistemas educacionais, design de móveis, informática, eventos, eletrônica, eletromecânica, hospedagem, segurança do trabalho, manutenção automotiva, meio ambiente, alimentos, produção de áudio e vídeo, química.

Para quem tem o ensino médio completo tem a opção de fazer apenas a formação técnica nas áreas de agropecuária, cozinha, eventos, comércio, controle ambiental, desenvolvimento de sistemas, edificações, eletrônica, eletromecânica, equipamentos biomédicos, manutenção automotiva, manutenção e suporte em informática, panificação, produção de áudio e vídeo, logística, secretaria escolar, serviços e vestuário.

Ainda para quem já tem ensino médio, tem o curso de segurança, a distância. Já o curso de agroindústria é voltado para dois públicos, os que já têm ensino médio completo ou os que ainda estejam cursando.

Print Friendly, PDF & Email