Incêndio na Índia atinge sede da maior fabricante de vacinas contra Covid-19

Cinco pessoas morreram no incêndio. O prefeito da cidade disse que os mortos são provavelmente trabalhadores de construção civil que estavam no prédio  

Nesta quinta-feira (21), um incêndio atingiu o edifício do Instituto Serum, empresa da Índia que produz vacinas com tecnologia da AstraZeneca e da Universidade de Oxford, na cidade de Pune. Segundo informações do jornal local Times of India, ao menos 5 pessoas morreram. Segundo publicado, ainda não se sabe o que causou o fogo que atingiu o prédio.

Atualmente, o Instituto Serum produz cerca de 50 mi de doses da vacina por mês em outras unidades do complexo.

De acordo com os canais de televisão indianos, o incêndio começou em um local em construção, longe das instalações de produção de vacinas. “A instalação de produção de vacinas não foi afetada e isso não afetará a produção”. Declarou uma fonte do Serum Institute of India à AFP, acrescentando que “o fogo começou numa nova fábrica em construção”.

Os bombeiros afirmaram que ao menos cinco caminhões foram enviados para combater o incêndio no prédio e que o fogo foi controlado.

“Enviamos seis ou sete caminhões de bombeiros ao local. Não temos mais informações para compartilhar no momento sobre a extensão do incêndio ou se alguém está preso”, disse à AFP um responsável pelo corpo de bombeiros local.

Nas redes sociais, Poonawalla agradeceu a todos pela preocupação e pelas orações.

Print Friendly, PDF & Email