Manifestações marcadas para amanhã (7) geram conflitos institucionais

“Do ponto de vista de segurança do Distrito Federal, eu não vejo nenhuma necessidade da atuação da Força Nacional”, destacou Ibaneis

Ibaneis Rocha (MDB), governador do Distrito Federal, confirmou que não há possibilidade do uso das Forças Armadas durantes manifestações marcadas para este final de semana em Brasília, apesar do interesse do presidente Bolsonaro.

“Do ponto de vista de segurança do Distrito Federal, eu não vejo nenhuma necessidade da atuação da força nacional. Nós temos corpo de bombeiros e policiais militares e civis devidamente preparados. Esperamos que as manifestações no Distrito Federal sejam pacíficas. Brasília é um lugar pacífico, onde todas as pessoas têm o direito de manifestar suas convicções e vontades. Isso, claro, com os limites da lei e da Constituição. A princípio, não tenho nenhuma ideia ou vontade de convocar as forças nacionais”, afirmou o governador 

Na quinta-feira (4), Bolsonaro fez uma visita ao secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres para falar sobre sua preocupação com o movimento e a vontade de convocar a Força Nacional para coibir os protestos.  Em live realizada semanalmente o presidente reforçou o assunto ao chamar os integrantes de grupos que pretendem ir às ruas de “marginais”.

O presidente citou mais uma vez a Força Nacional durantes discurso na inauguração do hospital de campanha de Águas Lindas, na manhã de sexta-feira, e pediu para que seus apoiadores não participem de manifestações.

Print Friendly, PDF & Email