MEC determina volta às aulas presenciais em universidades no dia 1° de março

Após reunião com reitores e movimentos estudantis, o ministro da Educação, Milton Ribeiro define que as aulas voltarão no dia 1° de março de 2021

Na noite desta segunda-feira (7), o ministro da Educação, Milton Ribeiro, anuncia que às aulas presenciais voltarão no dia 1° de março de 2021, seguindo assim um padrão mundial. A portaria que autoriza o retorno foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) nesta noite.

“Nós estamos apontando para o dia 1º de março, que nós julgamos ser uma data equilibrada e boa para que dê tempo para universidades fazerem alguns ajustes, inclusive, pedagógicos e eletivos”, disse Ribeiro em entrevista à CNN Brasil.

Retorno em janeiro

Inicialmente o MEC definiu que as aulas deveriam voltar no dia 1° de janeiro de 2021, “as atividades letivas realizadas por instituição de educação superior integrante do sistema federal de ensino (…) deverão ocorrer de forma presencial, observado o Protocolo de Biossegurança instituído na Portaria MEC nº 572, de 1º de julho de 2020, a partir de 4 de janeiro de 2021″.

Porém a ação foi revogada, após reitores e Milton Ribeiro se reunirem. A data foi duramente criticada pelas universidades federais, movimentos estudantis, sindicatos de docentes e outras entidades ligadas à educação.

“Nós não queremos um retorno a qualquer custo, mas sempre lembramos que o Brasil está entre os últimos países a retomar as aulas presenciais no mundo. Nós temos que ponderar isso. Não há mais condição para para ficar prorrogando, indefinidamente, o retorno das aulas presenciais”, explicou Milton Ribeiro.

Print Friendly, PDF & Email