Média móvel de mortes por Covid-19 no DF cai para 11,1

Após registrar 9 mortes e 807 casos na última quinta-feira (7), média móvel de mortes cai para 11,1. A taxa de transmissão está em 0,74%

Nessa quinta-feira (7), o Distrito Federal contabilizou nove mortes e mais 807 casos da Covid-19, o que totaliza 256.682 casos e 4.337 mortes em decorrência da doença. 95,9% infectados se recuperaram da doença, 246.091 pessoas. A média móvel de mortes por Covid-19 no Distrito Federal caiu para 11,1.

Das nove mortes registradas nesta quinta-feira, uma pessoa morava no Entorno e apenas duas não apresentavam nenhum sintoma de comorbidade. Cinco dessas pessoas apresentavam doença cardiovascular, duas sofriam de distúrbios metabólicos, quatro eram obesas, três apresentava pneumopatia e uma delas sofria de nefropatia.

Média móvel

Nesta quinta, a média móvel de casos apresentou queda, tendência observada desde 19 de dezembro, com acentuação a partir do dia 31. A média móvel de óbitos também está em declínio desde 19 de dezembro, com leve aumento entre o dia 31 e o início de janeiro.

Taxa de ocupação na UTIs

Conforme dados da Secretaria de Saúde do DF (SES-DF), na quarta-feira 184 dos 275 leitos operacionais da UTI, UCIN e UCI destinados a pacientes da Covid-19 estão ocupados, o que equivale a 66,9% da capacidade da rede pública. O número inclui todos os leitos que não estão bloqueados. Na rede privada, 143 dos 199 leitos adultos disponíveis estão ocupados, taxa de 71,9%.

Taxa de transmissão

A taxa de transmissão está em 0,74%. A reprodução da epidemia pode ser medida a partir do valor encontrado para a transmissão. Se a taxa for menor que 1, a epidemia tende a desacelerar e para valores maiores que 1 tende a acelerar.

Print Friendly, PDF & Email