23/08/2019. Credito: Ed Alves/CB/D.A. Press. Brasil. Brasilia - DF. Politica. Cerimonia Dia do Soldado. Presenca do Presidente Jair Bolsonaro com o comandante do Exercito Leal Pujol. Local. Setor Militar Urbano de Brasilia.

Ministério da Defesa anuncia saída dos comandantes das três Forças Armadas

Edson Leal Pujol (Exército), Ilques Barbosa (Marinha) e Antônio Carlos Bermudez (Aeronáutica) já haviam colocado seus cargos à disposição

Nesta terça-feira (30), o Ministério da Defesa anunciou a saída dos comandantes das três Forças Aramadas: Edson Pujol (Exército), Ilques Barbosa (Marinha) e Antônio Carlos Moretti Bermudez (Aeronáutica). A demissão ocorre a pedido do presidente Jair Bolsonaro. A pasta ainda não anunciou os substitutos.

O anúncio acontece um dia após Fernando Azevedo e Silva ter deixado o cargo de ministro da Defesa. Para o lugar dele, foi anunciado o general da reserva Walter Souza Braga Netto, que até então comandava a Casa Civil. A nomeação dele foi publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União, mas ele ainda não tomou posse.

Nesta terça, Pujol, Barbosa e Bermudez se reuniram com Braga Netto, em Brasília. O colunista do G1 e da GloboNews Gerson Camarotti já havia informado que os três haviam decidido colocar os cargos à disposição.

Leia também:
STF determina retorno de Roberto Jefferson à prisão

A relação do presidente da República com as Forças Armadas vive um momento de tensão. Bolsonaro está sendo pressionado politicamente tem se fechado cada vez mais em frases de efeito envolvendo os militares.

Bolsonaro chegou a usar frases citando militares contra medidas de isolamento social impostas por governadores. A medida sanitária é uma das principais contra a propagação da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Íntegra da nota do Ministério da Defesa

“O Ministério da Defesa (MD) informa que os Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica serão substituídos.

Leia também:
GDF lança o II Plano Distrital de Políticas para Mulheres

A decisão foi comunicada em reunião realizada nesta terça-feira (30), com presença do Ministro da Defesa nomeado, Braga Netto, do ex-ministro, Fernando Azevedo, e dos Comandantes das Forças”.

Print Friendly, PDF & Email