O presidente em exercicio, Hamilton Mourão, fala à imprensa

Mourão afirma que aliança de Bolsonaro e Centrão pode confundir parte dos eleitores

Na quinta-feira, Bolsonaro afirmou fazer parte do Centrão

Na manhã desta sexta-feira (23), vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) disse que a declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de que é do Centrão pode confundir uma parte do eleitorado.

“O eleitor que é o eleitor do presidente Bolsonaro, que é uma parcela entre 25% e 30% da população, ele olha a pessoa independente do partido em que ele está. Agora outra parte dos eleitores que também votaram no presidente Jair, por uma questão mais programática, de visão de futuro do país, esses podem até se sentir um pouco mais confundidos. Vai depender, obviamente, das ações daqui pra lá”.

Na quinta-feira (22), Bolsonaro se defendeu de críticas por conta da aliança com o bloco partidário. “Eu sou do Centrão”, afirmou.

“Centrão é um nome pejorativo. Eu sou do Centrão, eu fui do PP metade do meu tempo, fui do PTB, fui do então PFL. No passado, integrei siglas que foram extintas, como PRB, PPB. O PP, lá atrás, foi extinto. Depois, nasceu novamente da fusão do PDS com o PPB, se não me engano”, disse o mandatário em entrevista à Rádio Banda B de Curitiba, parceira do Metrópoles.

Print Friendly, PDF & Email
Leia também:
TCDF aprova contas do GDF