Sábado, 22 de Junho de 2024
14°

Tempo nublado

Brasília, DF

Polícia Furto de Energia

PCDF prende proprietário de panificadora por furto de energia no Riacho Fundo II

A ação se soma à operação anterior, realizada pela 29ª DP, no Riacho Fundo I, também em parceria com a conpmanhia de energia elétrica.

06/06/2024 às 11h50
Por: Agência 2CNews Fonte: PCDF
Compartilhe:
Divulgação/PCDF
Divulgação/PCDF

Na tarde dessa quarta-feira (5), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 29ª Delegacia de Polícia (DP), em conjunto com a Neoenergia, deflagrou a Operação Curto Circuito. A ação teve o objetivo de coibir fraudes no consumo de energia em estabelecimentos comerciais do Riacho Fundo II. A ação se soma à operação anterior, realizada pela 29ª DP, no Riacho Fundo I, também em parceria com a conpmanhia de energia elétrica.

Continua após a publicidade

No curso das diligências, os policiais da 29ª DP prenderam em flagrante o proprietário de uma grande panificadora da região, de 35 anos, pelo crime de furto qualificado. O estabelecimento, que já apresentava um histórico de inadimplência com a empresa de energia, teve o corte de fornecimento de energia realizado. No entanto, a panificadora continuou operando normalmente, utilizando-se de uma ligação clandestina para obter energia de forma ilegal.

Ao tomar conhecimento da ação delituosa, a equipe da 29ª DP, juntamente com técnicos da Neoenergia, diligenciou e flagrou o furto de energia. O proprietário da panificadora foi encaminhado à delegacia para a adoção das medidas cabíveis.

 Diante do flagrante, ele foi preso e recolhido à carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE). A pena para o crime de furto qualificado pode chegar a oito anos de reclusão.

A Neoenergia ressaltou a importância da parceria com a PCDF no combate a fraudes no consumo de energia. A empresa afirmou que outras operações para combater tais atos serão realizadas continuamente em todo o Distrito Federal.

A 29ª DP, em conjunto com outras unidades da PCDF, tem intensificado as ações de combate a crimes contra o patrimônio público e privado, incluindo fraudes no consumo de energia. A delegacia reforça o compromisso de trabalhar em conjunto com a comunidade e com empresas parceiras para garantir a segurança pública e a justiça no Distrito Federal.

Assessoria de Comunicação/DGPC

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários