Sábado, 22 de Junho de 2024
19°

Tempo limpo

Brasília, DF

Justiça Palestra

Abertas inscrições para palestra sobre ética como expressão da Justiça

Palestra da filósofa Lúcia Helena Galvão, no dia 4 de julho, inaugura parceria entre DPDF e Nova Acrópole; interessados podem se inscrever até 1º de julho

10/06/2024 às 13h07
Por: Agência 2CNews Fonte: Agência Brasília
Compartilhe:
Arte: DPDF
Arte: DPDF

A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) e a organização internacional Nova Acrópole, instituição dedicada à filosofia, cultura e voluntariado, vão iniciar uma parceria. Para marcar a novidade, a filósofa Lúcia Helena Galvão ministrará a palestra Ética como expressão da Justiça, dia 4 de julho, às 10h, no auditório do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), localizado no Setor de Autarquia Norte, Quadra 3, lote A, L2 Norte. As inscrições são limitadas e podem ser realizadas até 1° de julho, no portal de eventos da Escola de Assistência Jurídica da DPDF (Easjur/DPDF).

Continua após a publicidade

A abertura do encontro contará com apresentação da Orquestra Filarmônica Juvenil do Programa Criança para o Bem da Nova Acrópole, que atende crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social contribuindo com a formação humana, solidária e cidadã dos participantes.

Renomada professora de filosofia, escritora, professora, poeta e palestrante, Lúcia Helena Galvão é conhecida por apresentações inspiradoras e profundas reflexões sobre a vida, o amor e a ética. Destaque no cenário filosófico contemporâneo no Brasil, ela é uma voz influente na disseminação de conhecimento filosófico, oferecendo uma visão profunda e prática da filosofia aplicada à vida cotidiana. As palestras de Lúcia Helena são marcadas por uma linguagem clara e envolvente, que torna conceitos filosóficos acessíveis a todos.

“Complementar a nossa compreensão da ética com uma visão filosófica pode ser de grande valor para trazê-la ao cotidiano dos cidadãos”, destaca Lúcia Helena Galvão.

Parceria

A cooperação técnica firmada entre a DPDF e a Nova Acrópole tem como intuito ofertar assistência educativa, prática e filosófica aos cidadãos e ao público interno, por meio da interação em atividades acadêmicas e sociais como palestras, cursos e capacitações presenciais e à distância ministradas na DPDF, na Nova Acrópole e nas comunidades. O objetivo é fortalecer a capacitação cidadã e a formação humana, o desenvolvimento e apoio de projetos sociais e o atendimento integrado junto à sociedade. Além disso, a parceria trará também muitas novidades ao Projeto Conhecer Direito da DPDF, que será lançado no segundo semestre deste ano.

Para o defensor público-geral, Celestino Chupel, a iniciativa é de grande importância para a oferta de assistência educativa, prática e filosófica aos cidadãos. “A parceria combina a expertise jurídica e a missão de justiça social da DPDF com a abordagem educacional e filosófica da Nova Acrópole, criando projetos multifacetados que beneficiam a comunidade de várias maneiras”, definiu.

O diretor da Escola de Assistência Jurídica da DPDF (Easjur/DPDF), Evenin Ávila, reforça: “A iniciativa trará novas perspectivas de formação, sobretudo acrescentando conhecimentos sobre princípios, valores e ética na formação de toda a sociedade e, principalmente, dos jovens que estão em formação.”

Para a diretora voluntária da Nova Acrópole – Sede Águas Claras, Karla Lacombe, ver um órgão, como a Defensoria Pública, interessado na aplicação da filosofia como forma de atingir seus objetivos sociais é algo muito marcante. “As mudanças mais profundas na sociedade são obtidas por meio do aperfeiçoamento do ser humano. Esse é o objetivo fundamental de Nova Acrópole”, explicou.

*Com informações da DPDF

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários