Segunda, 22 de Julho de 2024
22°

Tempo limpo

Brasília, DF

Economia BRB Mobilidade

Dobra a adesão ao cartão BRB Mobilidade com mais de 17 mil emissões só em junho

Esse é o maior número de unidades geradas este ano para novos usuários. A quantidade representa 70% dos cartões que foram expedidos no mês e o restante se refere a segundas vias

03/07/2024 às 14h56
Por: Agência 2CNews Fonte: Agência Brasília
Compartilhe:
Divulgação/Semob-DF
Divulgação/Semob-DF

Um mês antes do início da implantação do novo sistema de bilhetagem automática do transporte público do Distrito Federal que extingue o pagamento em dinheiro dentro dos coletivos, a capital federal atingiu o maior número de novos usuários que aderiram ao Cartão BRB Mobilidade – item destinado aos passageiros de ônibus, metrô e BRT para pagamento da tarifa e que permite a integração – em um mês. Foram mais de 17 mil novos cartões de primeira via emitidos em junho, praticamente o dobro dos meses anteriores quando foram registrados 8.749 (maio), 8.472 (abril), 8.945 (março), 8.865 (fevereiro) e 9.659 (janeiro).

Continua após a publicidade

Junho também foi o mês com a maior emissão de cartões do ano. Um total de 24.144 unidades geradas, sendo mais de 17 mil para novos usuários e outros 6,9 mil para quem solicitou uma segunda via. O número quase dobrou em relação ao mesmo período no ano passado, quando foram 12.384 cartões expedidos.

A intensificação da procura pelo cartão ocorre em meio ao processo de modernização dos meios de pagamento dentro dos coletivos. Em 1º de julho, 52 linhas de ônibus deixaram de receber a tarifa em dinheiro para aceitar apenas pagamentos por cartões de transporte (BRB Mobilidade e Vale-Transporte) e bancários (crédito e débito) e por aproximação por meio de smartphones, smartwatches ou pulseiras inteligentes.

“Os números mostram que a nossa estratégia está correta, que o usuário pouco a pouco entende os benefícios da integração e vai acessar o transporte por meio do Cartão Mobilidade, que é muito mais prático, ágil e seguro”, defende o secretário de Transporte e Mobilidade, Zeno Gonçalves.

A expectativa é de que as emissões de novos cartões continuem em alta nos próximos meses, já que a mudança está sendo feita de forma gradual para tornar mais rápido e seguro o deslocamento dos cidadãos por todo o DF. Para o presidente do Banco de Brasília (BRB), Paulo Henrique Costa, este é um marco para o sistema de transporte público do DF, que vai proporcionar mais segurança, eficiência e ainda redução de custo para o próprio usuário, já que alguns ainda utilizavam o dinheiro para realizar pagamento e perdiam o benefício da integração, que permite até três viagens diferentes no período de três horas por um preço único de R$ 5,50.

“Nenhuma capital do país oferece tantas formas de pagamento quanto nós disponibilizamos aos usuários do DF. Os moradores ou visitantes da cidade podem realizar o pagamento das passagens com cartão de débito ou crédito (aceitos em todas as linhas), com os métodos tradicionais, como vale-transporte, além de pagamento via PIX no aplicativo do BRB Mobilidade”, revela.

Segundo o presidente do BRB, a população já tem demonstrado aceitação aos novos métodos. “No mês de maio, por exemplo, foram realizadas mais de 328 mil recargas via Pix e, no mês de junho, 45% das recargas foram feitas com Pix pelo App, o que demonstra a grande adesão ao canal”, completa.

Como fazer

O Cartão BRB Mobilidade pode ser adquirido em um dos 153 pontos de atendimento mediante apresentação de RG e CPF. Também é possível fazer o pré-cadastramento pelo site e apenas realizar a retirada do item em uma das unidades de atendimento. A emissão da primeira via do cartão é gratuita. Em caso de segunda via, é necessário pagar uma taxa de R$ 5,40.

Para a recarga do cartão, os pontos de atendimento aceitam pagamentos em dinheiro e cartões de crédito e débito. Também pode ser feita pelo app BRB Mobilidade disponível nas lojas iOS e Android por meio de boleto e PIX, e, ainda, pelo site BRB Mobilidade. O valor mínimo de recarga é de R$ 5 nos canais virtuais e R$ 2,70 nas lojas físicas.

Utilizando a recarga Pix, realizada pelo app BRB Mobilidade, o crédito fica disponível em até 10 minutos após a efetivação do pagamento. As recargas realizadas via boleto (utilizando o app ou pela internet) são disponibilizadas em até dois dias úteis após o pagamento. Para efetivação do crédito no cartão, é necessário validar nas catracas do Metrô/ônibus/BRT. Mais informações neste site.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários