Segunda, 22 de Julho de 2024
22°

Tempo limpo

Brasília, DF

Blogs e colunas Diminuição preço

Leilão de arroz

 Neste processo, ficou visível uma disputa interna, política que teve efeitos econômicos. Com o aumento dos preços por causa da diminuição da abundância do produto, algumas medidas poderiam ser tomadas para baixar tais valores.

05/07/2024 às 11h30
Por: Pedro Fagundes de Borba
Compartilhe:
Arroz; PxHere
Arroz; PxHere

Devido às enchentes que atingiu o Rio Grande do Sul, algo que já se esperava que fosse acontecer, embora não se soubesse quando, houve uma situação muito ruim, de grandes perdas para o estado, bem como a interrupção de diversos fluxos. O estado é bastante forte na produção de arroz, sendo o maior produtor deste no Brasil, que é também um dos principais exportadores de tal commodity. Houve também problemas com o setor arrozeiro, pois as lavouras foram bastante atingidas.

Continua após a publicidade

Aqui, começam alguns problemas e divergências. Pois, devido à questão emergencial, em uma situação excepcional, algumas medidas teriam de ser tomadas. A medida, ideia do governo foi fazer leilão de arroz para importar o produto. Muitos produtores gaúchos, neste cenário, alegaram ter tido feito colheita, o que tiraria a necessidade de se fazer o leilão, pois poderia ser aproveitado. O leilão, mesmo assim, foi planejado e seria feito.

Em uma situação normal, importante dizer, leilão e o ato de importar alimentos são muito negativos economicamente. Pois significa depender de outros para o abastecimento, dando sérias questões político econômicas. E, num país de forte produção agrícola como o Brasil, é ainda mais negativo, pois prejudica economia interna e desvaloriza a produção nacional. Exceto casos como a China, que também importa grande parte de seus alimentos, mas possui toda uma estrutura e um planejamento econômico mais sui generis os países que importam alimentos ficam economicamente mais fracos ou em delicada situação. Venezuela é um bom exemplo de país que importa boa parte de seus alimentos, fica sempre nesta delicada situação, tendo bem menos força política e econômica do que poderia.

Dito isto, em uma situação extraordinária e em um cenário de perda como tivemos este ano, pode haver mudança de figura. Tanto para garantir algum estoque, alguma produção, fazer alguns movimentos econômicos e diversos outros fatores. Neste caso os principais fatores envolvidos eram a quantidade de arroz e, especialmente, o preço interno que estava o produto. Ainda que colheita tivesse sido feita, muito pela escassez interna do produto, permitia aumentar os preços deste, pois havia a mesma demanda de antes, porém com menor produção, o que significa que menos pessoas conseguiriam, o que fazia a lógica mercadológica poder cobrar mais em cima deste produto. 

 Por estes dois fatores foi pensado o leilão, para que se mantivessem os preços e aumentasse a quantidade deste no mercado nacional. Porém, começando com algumas denúncias de que haveria irregularidades dentro do processo. Isso gerou um cancelamento temporário do leilão, para avaliar e ver o que seria feito neste processo. Após algumas questões internas, ficou cancelado o leilão, por ter tido algumas conversas com setores do agronegócio, que garantiria a produção interna, e ficaria com preços mais baixos.

 Neste processo, ficou visível uma disputa interna, política que teve efeitos econômicos. Com o aumento dos preços por causa da diminuição da abundância do produto, algumas medidas poderiam ser tomadas para baixar tais valores. Importando forçaria esta redução, já que haveria mais no mercado. Prejudicaria algumas dinâmicas internas, pois daria um produto de outro contexto. Mas melhoraria o preço. Porém tal medida acabou não sendo necessária. Pois o próprio mercado interno se mostrou capaz de reduzir os preços, baseado apenas em si. Com um possível leilão que não veio, sentiu uma ameaça, algo de pior que poderia acontecer assim se defendeu baixando o preço. Dinâmica política que são feitas, gerando tais resultados. Dar um susto no mercado, com possibilidades reais permitiu que tal situação se invertesse. Não sabemos se foi ou não planejado. Mas, seja o que for, conseguiu pressionar preços mais baixos. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários