Segunda, 22 de Julho de 2024
24°

Parcialmente nublado

Brasília, DF

Saúde Farmácia Popular

Ministério da Saúde Inclui Novos Medicamentos no Programa Farmácia Popular

Tratamentos para colesterol, Parkinson, glaucoma e rinite agora são gratuitos

10/07/2024 às 14h09
Por: Agência 2CNews
Compartilhe:
Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Nesta quarta-feira (10), o Ministério da Saúde anunciou a inclusão de medicamentos para colesterol alto, doença de Parkinson, glaucoma e rinite no programa Farmácia Popular. Com esta medida, esses remédios passam a ser disponibilizados gratuitamente à população, ampliando o acesso a tratamentos essenciais para cerca de 3 milhões de brasileiros que utilizam o programa.

Continua após a publicidade

A inclusão dos novos medicamentos deve resultar em uma economia significativa para os usuários, que podem economizar até R$ 400 por ano. Com esta adição, o programa Farmácia Popular agora oferece 95% dos medicamentos e insumos de forma gratuita, beneficiando ainda mais os cidadãos que dependem desses tratamentos.

Até a implementação desta medida, o programa oferecia gratuitamente medicamentos indicados para diabetes, hipertensão, asma, osteoporose e anticoncepcionais. Outros medicamentos tinham até 90% do valor de referência coberto pelo programa, com o cidadão pagando o restante. A ampliação atualiza a cesta de itens gratuitos para um total de 41, incluindo fármacos, fraldas e absorventes.

A medida foi adotada em comemoração aos 20 anos do programa, criado em 2004 durante o primeiro governo Lula (PT) e relançado em junho do ano passado com a ampliação da cesta de itens gratuitos. Em duas décadas, o programa já atendeu cerca de 70 milhões de pessoas, consolidando-se como uma iniciativa crucial para a saúde pública no Brasil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários