Pábio Mossoró lidera com folga para prefeitura de Valparaiso

Se as pesquisas de intenção de votos se confirmarem no dia 15 de novembro deste ano, a cidade de Valparaíso de Goiás terá o seu primeiro prefeito reeleito para o cargo. De acordo com a pesquisa eleitoral feita pela Real Time Big Data, registrada no TRE-GO sob o nº 06036/2020, divulgada nesta terça-feira (06), Pábio Mossoró (MDB) lidera as intenções de votos dos eleitores de Valparaíso. A deputada Lêda Borges (PSDB) aparece em 2º lugar e ao mesmo tempo é a candidata que tem a maior rejeição.

Conforme a sondagem feita com 600 eleitores valparaisenses, entre os dias 30 de setembro e 03 de outubro, o atual prefeito Pábio Mossoró está com 35% das intenções de votos. Em seguida, vem a deputada e ex-prefeita Lêda Borges com 22%, Professor Silvano (PT) com 11%, Elvis Santos (Solidariedade) tem 3%, Marcelo Sorriso (PSD), Sirley Azevedo (PSL) e Valmir Ferreira (Patriota) têm 1%. 12% dos eleitores votam em branco/nulo e 14% não souberam responder 14%. A margem de erro é de 4% e o nível de confiança é de 95%.

Sobre a gestão de Pábio Mossoró, 49% aprovam o trabalho realizado pelo prefeito. Já a deputada Lêda Borges, que foi prefeita da cidade de 2009 a 2012, tem a maior rejeição entre todos os postulantes com 27%. Pode ser que os erros do passado sejam cobrados agora pelo eleitor valparaisense.

Lêda Borges corre contra o tempo para garantir que nome chegue até as urnas já que foi condenada pelo juiz Rodrigo Rodrigues de Oliveira e Silva a pagar multa no valor de 10 vezes a última remuneração recebida no cargo de prefeita, em 2011. Ou seja, a ex-prefeita é ficha suja e pode ter sua candidatura indeferida.

Com informações do Expressão Brasiliense

Print Friendly, PDF & Email