Paulo Guedes nega segunda onda da pandemia no Brasil

O número de pessoas infectadas com o novo coronavírus aumenta no Brasil e o ministro da economia nega que segunda onda se aproxima

Nesta segunda-feira (23), mesmo com o número de casos da média móvel subindo diariamente, Paulo Guedes nega segunda onda da pandemia, em vídeo conferência do evento virtual feito pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Na semana passada o Brasil contabilizou seis milhões de infectados, a última média móvel feita pelo Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conass) aponta que o número de mortos alcançaram 483. Apesar das contas alarmantes, Guedes afirma ser ciclos do Covid-19.

“Alguns dizem agora: ‘Não, mas está voltando, (está havendo) segunda onda’. Espera aí. Nós tínhamos 1.300 óbitos por dia, 1.200, 1.000, 900, 700, 500, 300… E agora parece que está havendo um repique. Mas vamos observar. São ciclos”, explicou Paulo Guedes.

Print Friendly, PDF & Email