Pesquisa Datafolha mostra que maioria acha que militares não deveriam ter cargos no governo

Estatuto dos Militares e o regulamento do Exército não permitem militares da ativa em qualquer tipo de manifestação política

De acordo com levantamento do Instituto Datafolha publicado pelo jornal Folha de S.Paulo na noite de domingo (11), a maioria da população brasileiro acredita que militares não deveriam ter cargos no governo federal e também não tinham que participar de manifestações políticas.

A pesquisa ouviu 2.074 pessoas com mais de 16 anos nos dias 7 e 8 de julho. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Leia também:
De acordo com Braga Netto ameaça de golpe é “invenção” de jornal

Para 58% das pessoas ouvidas, os militares não deveriam ter cargos. Na gestão Bolsonaro, sete ministros vieram do Exército, um da Marinha, um da Aeronáutica e um da Polícia Militar.

Outros 6.157 militares fazem parte da administração do governo federal. O número, levantado em 2020, é duas vezes maior que em 2016, quando 2.957 militares estavam cedidos ao governo.

O levantamento mostra que 62% da população acredita que militares não deveriam participar de manifestação política.

Leia também:
Bolsonaro anuncia Augusto Aras para novo mandato no comando da PGR

Pazuello, por exemplo, participava de alguns atos junto ao presidente Jair Bolsonaro. 34% acredita que eles devem estar presente nos atos.

Print Friendly, PDF & Email