PM sabia de ataques contra o STF

Ibaneis afirmou que a PM sabia de possíveis ataques ao STF no sábado (13)

Em entrevista para o jornal a Folha de São Paulo, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha afirmou que a Polícia Militar sabia do risco de ataques ao STF, ocorrido no último sábado (13). Por isso, segundo o governador o subcomandante da polícia, Sérgio Luiz Ferreira  foi exonerado.

“No Distrito Federal, onde eles acamparem, eu tiro. Aqui eles não ficam”, afirmou Ibaneis

Ibaneis falou que determinou o fechamento da Esplanada dos Ministérios no domingo (14), porque, ao desmobilizar o acampamento do grupo no sábado, soube que havia um plano para atacar o Supremo. O governador voltou a fechar a Esplanada dos Ministérios, de terça (16) até a noite desta quarta-feira (17), após identificar novas ameaças.

Ao ser questionado se solicitou ao presidente Bolsonaro que não participe das manifestações o governador respondeu que não pediu nada. Eu mesmo peguei o telefone, liguei para o pessoal da assessoria do presidente e pedi que ele não fizesse mais isso, porque ele incentiva pessoas mais humildes, que não tem a consciência do que está acontecendo.

Print Friendly, PDF & Email