Polícia diz que Lázaro Barbosa de Souza, suspeito de chacina no DF, é conhecido como satanista

Lázaro é acusado de matar um casal e os dois filhos, de 21 e 15 anos

Lázaro Barbosa da Silva (32) matou uma família no Incra 9, em Ceilândia, no Distrito Federal, na última quarta-feira (9). Após sete dias, Lázaro segue fugindo dos mais de 200 policiais.

Na noite dessa segunda-feira (14), um caseiro relatou aos policiais que trocou tiros com o suspeito.  De acordo com o funcionário, que não teve a identidade revelada, ele tinha certeza que Lázaro iria invadir a fazenda. “Eu tinha certeza que ele ia passar aqui hoje. Até falei aos policiais que se eles quisessem montar uma base aqui, poderiam”.

O caseiro contou que, por segurança, trouxe a mulher até Edilândia e voltou para a fazenda.  “Ouvimos um barulho e gritei com ele. Ele disse que ia entrar e o rapaz que estava comigo falou que iria ligar para a polícia, foi quando ele atirou e revidamos”.

O caseiro não foi atingido, mas de acordo com ele, Lázaro disse:  “Desgraçado, você me acertou, mas eu vou te matar”. “Foi quando eu desliguei o relógio e falei que se ele entrasse eu ia matar ele”.

Ao G1, a polícia disse que o suspeito é chamado de “satanista”. Por definição, o satanismo “inclui associação simbólica, admiração e até veneração a Satanás”. Segundo a polícia, foram encontrados indícios de que Lázaro participe de rituais “desse tipo”.

Os investigadores acreditam também que ele “não está disposto a se entregar”. Já o que dificulta ainda mais a localização do suspeito, conforme os investigadores, é que Lázaro é “um mateiro experiente, que anda e dorme pelas matas”

BR-070

Leia também:
GDF prepara mais de 500 voluntários para o combate a violência contra a mulher

Na manhã desta terça-feira (15), um caminhoneiro de frete da região de Edilândia (GO) relatou ter visto um homem atravessar a BR-070 e adentrar uma área de mata.

Os policiais da base da operação montada na região e helicópteros das corporações seguiram para o possível local onde a pessoa em atitude suspeita foi flagrada.

Print Friendly, PDF & Email