Professora que dava aula para jovem picado por naja é afastada do Conselho Regional de Medicina Veterinária

Professora que dava aula para jovem picado por naja é afastada do Conselho Regional de Medicina Veterinária

A decisão saiu após a polícia encontrar troca de mensagens dela com o estudante

O Conselho Regional de Medicina Veterinária decidiu afastar a professora Fabiana Volkweis da Câmara Técnica de Pequenos Animais da Entidade. A decisão foi tomada após a polícia encontrar troca de mensagens dela com o estudante Pedro Krambeck, que foi picado por uma naja no último dia 7 de julho.

O comunicado do Conselho de Veterinária diz que Fabiana “foi afastada até a conclusão do inquérito policial”. A entidade afirma que acompanha as investigações e que, se a professora for condenada, vai abrir um processo ético que pode levar à cassação do registro profissional dela.

Em um dos celulares apreendidos, foram encontradas mensagens onde ela orientava os alunos para “soltarem as cobras no mato”.

“Nota de esclarecimento: Afastamento da Médica Veterinária Fabiana Sperb Volkweis da Câmara Técnica de Pequenos Animais

A Diretoria Executiva do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Distrito Federal – CRMV-DF, decide afastar a Médica Veterinária, Fabiana Sperb Volkweis da Câmara Técnica de Pequenos animais até a conclusão do inquérito policial que investiga pessoas envolvidas na prática de tráfico de animais. A entidade vem acompanhando as investigações junto as autoridades policiais do Distrito Federal e se coloca à disposição dos órgãos de segurança do Distrito Federal para esclarecimentos técnicos e científicos, como Testemunha Qualificada”